Home  >  Negócios

Joinville cresce 2000% número de empresas de tecnologia

Cidade conta com duas mil companhias no setor, que faturam cerca de R$ 3 bilhões e empregam mais de 3 mil pessoas

Da Redação

17/09/2018 às 9h38

Foto: Shutterstock

Joinville, cidade localizada no norte de Santa Catarina, registrou crescimento exponencial no seu ecossistema de tecnologia nos últimos anos. A base de empresas nascentes em tecnologia e inovação cresceu 2000% nos últimos cinco anos e, atualmente, a cidade conta com duas mil companhias no setor, que faturam cerca de R$ 3 bilhões e empregam mais de 3 mil pessoas, segundo o Observatório ACATE, pesquisa realizada pela Associação Catarinense de Tecnologia.

A fundação Softville tem sido uma das impulsionadoras do avanço. Marcio Jacson dos Santos, Head Técnico na Fundação Softville, uma das principais iniciativas que fomentam o setor na região, conta que há cinco anos, em 2013, surgiram as primeiras startups em Joinville.

Desde então, com o auxílio dos programas de apoio ao desenvolvimento de negócio inovadores, o ecossistema e as empresas se fortaleceram, destaca Santos. "Hoje existem cerca de 120 startups consolidadas na cidade", comenta.

Um dos programas fundamentais para proporcionar o crescimento do ecossistema de Joinville foi o Startup SC, iniciativa do Sebrae/SC em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), que coordena uma série de atividades em Florianópolis e pelo estado.

Alexandre Souza, gestor da iniciativa Startup SC, destaca que, poder levar o que estava acontecendo em Florianópolis para o interior do estado era um dos objetivos do projeto, e 2018 foi um ano chave para fortalecer isso. "Abrimos, em parceria com a Softville, a primeira turma do nosso programa de capacitação fora de Florianópolis. Vivenciamos a experiência de comandar duas turmas simultaneamente e isso nos fez querer ainda mais", conta.

O programa do Sebrae já atuava no ecossistema joinvilense, promovendo encontros para debater os desafios do setor e o Startup Weekend, outro responsável pelo crescimento no númer de startups na cidade.

“O Startup Weekend possibilita que o futuro empreendedor realize uma imersão em metodologias que ajudam a criar uma empresa, como design thinking e validação de produto. O aprendizado é gigantesco e desconstrói os mitos em torno da criação de uma startup. Em um Startup Weekend há a troca de conhecimento entre os participantes e os mentores, que são empreendedores estabelecidos, o que potencializa as conexões”, destaca Souza.

Fruto do ecossistema

A startup TiFlux, que desenvolve soluções para gerenciamento de projetos na área de tecnologia, é um dos frutos do novo ecossistema. Com a solução criada, os empresários conseguem ter em um único lugar as informações sobre todos seus clientes, anexar contratos, ter acesso remoto e um fluxo de atendimento mais organizado.

A TiFlux ingressou neste ano no programa Startup SC, na turma de Joinville, e lá se conectaram com a Asaas, que já passou pelo programa e hoje é mentora da iniciativa. Da relação no projeto veio a integração entre as soluções da TiFlux e da Asaas, para automatizar ainda mais os processos de gestão.