Home  >  Negócios

4 dicas para adotar tecnologias de AI nos negócios

O que AI pode trazer de benefícios? O que é necessário fazer? Especialista responde

Da Redação

14/09/2018 às 18h59

inteligencia artificial
Foto: Shutterstock

Estimativas do Gartner apontam que o valor de negócios derivados de inteligência artificial (AI) será de US$ 1,2 trilhão neste ano, aumento de 70% em relação a 2017. Até 2022 o número deve chegar a US$ 3,9 trilhões.

Mais do que números, a inteligência artificial está cada vez mais presente no nosso dia a dia.

Mas afinal, como as micros e pequenas empresas podem utilizar esse recurso a seu favor? O que AI pode trazer de benefícios? O que é necessário fazer?

O especialista em TI Diego Silva, diretor da Sendpulse na América Latina, listou quatro dicas importantes para quem pretende implantar a inteligência artificial aos seus negócios.

1. Invista, amplie e mantenha seu banco de dados atualizado

Sabemos que inteligência artificial (IA) é um ramo da ciência da computação que se propõe a elaborar dispositivos que simulem a capacidade humana de raciocinar, compreender e otimizar funções em diversos ramos ou serviços que utilizamos diariamente. Sendo assim, é importante ter em mente que a inteligência de seu negócio está na interação com seus clientes e por isso, antes de tomar qualquer decisão efetivas quanto à utilização desse recurso tecnológico na sua empresa, é necessário coletar informações do seu público (clientes e clientes em potencial), já que a base da inteligência artificial são os dados.

2. Crie e diversifique os canais de contato com o cliente

Quanto mais canais de contato com o cliente a sua empresa tiver, mais poderá interagir e captar informações da relação cliente e marca. Isso viabiliza o uso do Big Data para mapear e compreender plenamente seus consumidores. Atualmente, canais de contato como site, redes sociais, blog, WhatsApp são fundamentais para a fidelização dos clientes, aumento da credibilidade e otimização das vendas.

3. Invista em comunicação, marketing e atendimento ao cliente

Por trás de cada dispositivo de comunicação e interação, certamente há um cliente real, com sentimentos e percepções. E eles esperam, muito mais que um produto e serviço das marcas. Eles desejam experiências coerentes e inteligentes, em cada ponto de contato com as marcas. Por meio da inteligência artificial é possível criar inúmeras opções de atendimento personalizado ao cliente, o que diferencia sua marca das demais. Programar o chat do Facebook ou o WhatsApp com um diálogo de boas-vindas, por exemplo, otimiza tempo, custos e aproxima o cliente da marca e dos seus serviços oferecidos. Há também, empresas que optem por criar robôs ou personagens de conversação, como é o caso da Magazine Luiza, que criou a Lu. Independente da forma como será aplicada, a inteligência artificial permite um atendimento rápido, otimiza tempo, acelera o processo e a conversão das compras, além de dispensar a necessidade de intervenção humana.

4. Utilize e aprimore seus conhecimentos nas diversas plataformas digitais

Atualmente o mercado dispõe de diversas plataformas e soluções digitais de fácil acesso e baixo custo para gerar inteligência, diferenciar e agregar valor ao seu negócio. Alguns exemplos são as plataformas educacionais, as de geração de conteúdo, as plataformas de e-commerce ou de automação de marketing, como é o caso da Sendpulse.

Digamos que a sua empresa, seja do segmento educacional e você queira inovar criando um programa de estudos personalizado e exclusivo para seus alunos. Neste caso, é muito mais vantajoso investir em uma plataforma que te ofereça a estrutura pronta para isso, do que iniciar o projeto do zero.