Home  >  Plataformas

Fintech Adyen apresenta solução de autenticação

3D Secure 2.0 é baseada nos protocolos 3DS 2.0 da EMVCo e visa auxiliar os estabelecimentos comerciais a reduzir riscos

Da Redação

12/09/2018 às 14h58

pagamento
Foto: Shutterstock

A fintech Adyen, fornecedora de plataforma de pagamentos, anunciou o lançamento global da solução 3D Secure (3DS) 2.0, que será diretamente disponibilizada para seus clientes e como oferta independente para estabelecimentos comerciais que precisam de uma solução de autenticação de última geração.

A ferramenta é baseada nos protocolos 3DS 2.0 da EMVCo e visa auxiliar os estabelecimentos comerciais a reduzir riscos e proteger seus clientes contra fraudes de pagamentos, com uma melhor experiência para os consumidores.

Ainda, a solução busca corrigir pontos de deficiência do 3DS 1.0, melhorando a experiência de pagamentos para os clientes, ao permitir um fluxo de pagamentos contínuo, sem barreiras, especialmente no celular.

A fintech afirma que o 3DS 2.0 é a primeira solução disponível capaz de autenticar uma transação de forma imperceptível e sem a intervenção do cliente. Isso, segundo a companhia, cria uma experiência de pagamentos contínua e fluida, diminuindo o abandono de carrinhos e aumentando as taxas de conversão. Isso é possível por meio do SDK, certificado da Adyen, combinado com APIs de compartilhamento de dados, que permitem a análise de mais de 100 pontos de informação diferentes compartilhados entre bancos emissores e dados da rede global de pagamentos da Adyen.

Brian Dammeir, Diretor de Produtos da Adyen, destaca que a empresa continua simplificando os pagamentos para os comerciantes. "Nossa solução 3DS 2.0, a primeira do mercado, ajuda os comerciantes a reduzir o risco de fraude, navegar em estruturas regulatórias globais complexas, e melhorar a experiência do cliente. Baseia-se nos benefícios da iteração original do 3DS e supera as armadilhas, oferecendo máxima proteção contra fraudes com o mínimo de atrito, além de funcionar perfeitamente em dispositivos móveis", afirmou.

Brasil

A novidade também é aplicável para o mercado brasileiro, cujas regras de bandeira preveem autenticação em transações online. "Essa autenticação era conhecida por travar o processo de compra e afastar consumidores, porém com a fluidez e a facilidade permitidas pelo 3DS 2.0, que permite a autenticação ser realizada no background ou de forma mais fluida, esse cenário tende a mudar", explicou Jean Christian Mies, Presidente da Adyen para a América Latina.

Tags

Deixe uma resposta