Home  >  Negócios

De olho na indústria 4.0, Aquarius aposta em intraempreendedorismo

Inovação e transformação digital reposicionam diretoria. Empresa apresenta novos sócios

Da Redação

26/07/2018 às 18h37

indústria 4.0
Foto: Shutterstock

A Aquarius Software está apostando no conceito de intraempreededorismo para trazer inovação às suas operações. Atuando no concorrido mercado de Automação Industrial, a empresa está de olho noas diversas inovações que caracterizam a era da transformação digital pela qual passa a indústria, abrangendo tecnologias como internet das coisas (IoT), big data, analytics, entre outras.

A iniciativa faz parte de um novo posicionamento da empresa, que traz como um dos pilares o desenvolvimento constante das pessoas e dos novos talentos. “Incentivamos os funcionários a terem uma visão de acionistas, conhecendo os desafios e o potencial de retorno do negócio”, destaca Fernando Costa, diretor-presidente da empresa. Um exemplo é a distribuição de parte dos lucros e a participação dos funcionários em algumas decisões cruciais da vida da empresa.

Histórico

A Aquarius tem 32 anos de operações. Nascida na época da reserva do mercado de informática, nos anos 80, começou com desenvolvimento e depois passou para importação e distribuição de software. Ao longo de sua história, se reinventou para sobreviver à chegada de produtos importados, da globalização e da era do download.

Buscando diferenciação por meio da competência técnica e do conhecimento do mercado, criou um novo formato para a distribuição, baseado na complementaridade de produtos. Para isso, somou sua especialização na área industrial às tecnologias de diferentes fabricantes e passou a atuar como uma espécie de curadora de softwares industriais, associando produtos que, aliados ao conhecimento do mercado vertical e a serviços especializados, entregam maior valor para seus clientes.

Nova gestão

Com base nestes valores, três executivos da Aquarius foram convidados a fazer parte do quadro societário da empresa e foi nomeada uma nova Diretora Administrativo-Financeira, também procedente da equipe existente. Os novos sócios são Carlos Paiola, Márcia Campos e Ricardo Caruso.

O encorajamento se tornou um ciclo positivo tanto para os sócios como para os funcionários que, por fim, foram convidados a fazer parte do quadro societário. “Eles demonstraram características empreendedoras e estão levando a empresa para um novo patamar”, afirma Mario Simas, diretor responsável pelo desenvolvimento de novos negócios.

Costa comenta também que, em tempos de negócios disruptivos, o exemplo da Aquarius é encorajador para as empresas que temem que a tecnologia possa ameaçar seus mercados. "Considerando as pessoas como a chave para a inovação, é possível reciclar processos, produtos e serviços e entregar mais valor ao cliente e à sociedade", finalizou.