Home  >  Plataformas

O que a Microsoft pretende fazer com o Windows 7?

Guilherme Borini

22/06/2018 às 12h10

windows 10
Foto:

Apesar de não ser um lançamento, o Windows 7 ganhou uma maior participação de mercado em março e abril de 2018. Atualmente, o Windows 10, que chegou há menos de três anos, está rodando em apenas 39,3% de todos os computadores Windows, em comparação com os 47,3% do Windows 7. 

Isso acontece porque grande parte dos usuários preferem o Windows 7 ao Windows 10. Além disso, em teoria, o suporte estendido do Windows irá até janeiro de 2020. Porém, a Microsoft está tentando, lentamente, acabar com esse suporte técnico. 

Woody Leonhard, que escreve para a edição americana da Computerworld, recentemente apontou que “o Windows 7 e o Server 2008 R2 passaram por meses de problemas de redes em geral, assim como placas de interface de rede”. Mas a Microsoft não errou somente nisso. Há algum tempo a empresa tem tido problemas de atualizações ruins em todos os seus sistemas operacionais. 

Caso o usuário use o WSUS (Windows Server Update Services), as atualizações não causam tanto incômodo. Mas quem usa o Windows Update ou o Windows Update for Business, acaba ficando com as atualizações mais pesadas. 

Isso causa dois problemas. Primeiro, esses pacotes de atualizações estão chegando a 300MB a 500MB de tamanho. Isso utiliza demais da banda larga para, por exemplo, um escritório remoto que ainda usa um DSL de 3 Mbit/s. Segundo, como o pacote recheado de patches de cada mês instala todas as correções desde outubro de 2016, se algum patch quebra alguma coisa, todo o sistema falha. 

Porém, um dos maiores problemas é que, mesmo tendo um ano e meio de suporte ao Windows 7, os funcionários da Microsoft não responderão mais a perguntas no fórum da Comunidade da Microsoft sobre o sistema. 

Outros visitantes dos fóruns ainda poderão ajudar os usuários, mas não haverá a ajuda de alguém com o ID da Microsoft. O mesmo acontecerá com as dúvidas sobre Windows 8.1, 8.1 RT, Internet Explorer 10, Surface Pro, Surface Pro 2, Surface RT, Surface 2 e Office 2010/2013. 

Ainda segundo Leonhard, “embora a Microsoft diga que continuará prestando suporte para o Windows 7 até 14 de janeiro de 2020, se você tiver uma máquina mais antiga - incluindo qualquer Pentium III - você será bloqueado e não há nada que você possa fazer sobre isso”. 

apis_conectores_rede.jpg

Um funcionário da AskWoody, DAVe3283, observou que antes de 15 de junho de 2018, oboletim mensal de junho KB 4284826, e o artigo de segurança KB 4284867 não prometiam mais que “a Microsoft está trabalhando em uma resolução e fornecerá uma atualização em uma versão futura” para sistemas mais antigos. 

Após essa data, os artigos da KB de junho para o Acumulado mensal e a atualização de segurança foram modificados para remover “Problemas conhecidos” e sua resolução. Todos os artigos anteriores da KB também foram alterados para incluir este conselho: “Atualize suas máquinas com um processador que suporte SSE2 ou virtualize essas máquinas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *