Home  >  Plataformas

Cidade de SP usará soluções Siemens para reduzir emissão de poluentes

Ferramenta de Desempenho da Cidade vai auxiliar município a testar e aplicar medidas que ajudem a reduzir a emissão

Da Redação

19/03/2018 às 12h06

São Paulo
Foto:

A Prefeitura de São Paulo assiniou um acordo com a Siemens para o desenvolvimento de iniciativas, estudos e planos estratégicos com o propósito de reduzir a emissão de poluentes na capital paulista.

Com o termo de cooperação, a empresa vai disponibilizar sua Ferramenta de Desempenho da Cidade (CyPT -City Performance Tool), sistema inteligente de análise de dados que ajuda os administradores municipais identificar áreas prioritárias em que devem investir com o objetivo de se tornarem suas cidades mais sustentáveis, especialmente no que se refere à redução da emissão de CO2,(dióxido de carbono), NOx (óxidos de nitrogênio) e materiais particulados.

A assinatura do termo foi realizada durante o Fórum Econômico Mundial América Latina 2018, na última semana, em São Paulo, com participação do prefeito da cidade de São Paulo, João Doria; do Secretário de Serviços e Obras do Município de São Paulo, Marcos Penido; do CEO da Siemens Brasil, André Clark; bem como do CEO global da Siemens, Joe Kaeser.

A iniciativa é similar às que a Siemens realiza em dezenas de cidades ao redor do mundo, como São Francisco, cidade do México, Copenhagen e Madrid, entre outras. "Esta iniciativa faz parte da nossa visão de cidades inteligentes, onde a Siemens é referência, com sua ampla experiência global", afirmou o prefeito João Doria.

O CyPT também opera como plataforma colaborativa entre cidades. Ele permite, por meio da análise de dados de outras cidades pelo mundo, a aplicação de melhores práticas e lições aprendidas. "A Ferramenta auxilia na tomada de decisões. Se a administração municipal quiser avaliar a implementação de novos corredores BRT, ou de ônibus elétricos ou linhas novas de Metrô, ela consegue medir o impacto da solução na redução de poluentes, simulando melhores cenários para os resultados esperados, antes de implementá-la", explica o CEO da Siemens no Brasil, André Clark.

Tags

Tags:,