Home  >  Negócios

GFT reestrutura operações no Brasil com adoção de processos ágeis

Unidade se alinha ao movimento global da companhia de ser "client-centric"

Da Redação

27/02/2018 às 17h24

agile
Foto:

A GFT, empresa de TI focada no setor financeiro, anuncia a reestruturação organizacional no Brasil com a consolidação do modelo Agile para desenvolvimento de projetos. Com os novos pilares, a unidade brasileira se alinha ao movimento global da companhia de ser cada vez mais "customer oriented".

A empresa explica que as mudanças vão ao encontro do objetivo de reforçar a eficiência na captura de valor e necessidades dos clientes, criando propostas mais alinhadas e oportunidades de relacionamento, cooperação e inovação. Desenhada ao longo de três meses e implementada em janeiro, a reestruturação será a base para a expansão dos negócios e para a operação da companhia no país nos próximos anos.

Marco Santos, managing director da GFT para a América Latina, destaca que o planejamento estratégico foi pensado e orientado para entender e fornecer projetos e soluções que ajudem os clientes em sua jornada rumo à transformação Ágil e Digital no seu dia a dia. "A partir de agora, os nossos times (Squads) têm responsabilidade integral da cadeia de valor dos seus respectivos clientes. Isso inclui desde a prospecção, venda, delivery, evolução da relação até o resultado final financeiro de cada cliente", comenta.

Nesse processo, a empresa também se posiciona para o fortalecimento da cultura de engenharia Agile, construindo um ecossistema que oferece maior flexibilidade e rapidez para trabalhar com inovações e na implementação de soluções em ciclos curtos.

Santos diz que a implementação representa uma transformação cultural para todas as áreas da GFT, desde as áreas de negócio e entrega, até as áreas corporativas. "Como resultado, vai propiciar maior aceleração para responder às demandas dos nossos clientes e ajudá-los em suas respectivas transformações para modelos Ágeis e Digitais", completa.

Deixe uma resposta