Home  >  Plataformas

Plataforma móvel agiliza processos e atendimento no Hospital da PUC Campinas

Guilherme Borini

20/02/2018 às 13h09

hospital app
Foto:

Desde dezembro de 2017, o Hospital e Maternidade Celso Pierro, pertencente à Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas, no interior de São Paulo, tem facilitado o relacionamento entre médicos e pacientes e provido mais agilidade e segurança em seus serviços prestados.

Em parceria com a MTM Tecnologia, a instituição adotou o mobileCare, plataforma móvel que permite aos médicos e pacientes acessar todas as informações de saúde, compartilhar exames, receber mensagens e realizar solicitações ao hospital de forma prática e segura direto do smartphone.

As funcionalidades da solução são adotadas em fases, seguindo o modelo tradicional de evolução contínua praticado pelos aplicativos mobile. "Um dos fatores determinantes na contratação da plataforma é o seu alto grau de customização. Como hospital universitário, vários de nossos fluxos de trabalho são específicos, por isso precisávamos de algo bem flexível”, afirma Margareth Camargo, gerente de TI do hospital universitário.

Agilidade no atendimento

Segundo a executiva, antes de o hospital implementar a tecnologia, os médicos tinham dificuldade em lidar e acessar o grande volume de dados de pacientes. “A plataforma trouxe aos médicos agilidade em seus atendimentos ambulatoriais e um enorme passo na qualidade de informação do sistema”, conta.

Os professores da universidade também se beneficiaram da tecnologia, ainda de acordo com Margareth. Isso porque, pelo aplicativo, os docentes passaram a acompanhar em tempo real se as orientações dadas aos alunos se concretizaram da forma correta no prontuário, aumentando ainda mais a segurança do paciente.

No planejamento e execução do projeto, a TI do Hospital e Maternidade Celso Pierro trabalhou alinhada às diretorias técnica e clínica. Foram analisados os processos e fluxos dos médicos, após relatarem suas dificuldades na logística de acompanhamento do tratamento aos pacientes. “A parceria foi fator crítico de sucesso. A TI precisa fornecer aos seus clientes internos ferramentas que contribuam com a empresa como um todo”, completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *