Home  >  Plataformas

Nível de maturidade em dados e análises ainda é baixo nas organizações

Guilherme Borini

06/02/2018 às 14h31

analytics
Foto:

Pesquisa mundial realizada pelo Gartner com 196 organizações mostrou que 91% das empresas ainda não alcançaram um nível “de transformação” de maturidade em dados e análises, apesar de essa área ser prioridade de investimento número para CIOs nos últimos anos.

O cenário preocupa, já que Nick Heudecker, vice-presidente de pesquisa da Gartner, aponta que empresas com alto nível de maturidade em transformação têm mais agilidade, integração com parceiros e fornecedores e usam de forma mais intensa suas análises. “Isso tudo se traduz em vantagem competitiva e diferenciação”, observa.

A pesquisa global solicitou aos entrevistados que classificassem suas organizações de acordo com cinco níveis de maturidade do Gartner para dados e análises: básico, oportunista, sistemático, diferenciador e transformacional. O resultado indicou que 60% dos entrevistados em todo o mundo se classificaram nos três níveis mais baixos.

A maioria dos entrevistados em todo o mundo avaliou-se no nível três (34%) ou nível quatro (31%). Apenas 9% das organizações pesquisadas relataram-se no nível mais alto, nível cinco, onde se encontram os maiores benefícios de transformação.

Tecnologia é apenas uma parte

Heudecker alerta que as empresas não podem assumir que a aquisição de novas tecnologias é essencial para atingir os níveis de maturação transformacionais em dados e análises. “Primeiro, é preciso se concentrar em melhorar a forma como as pessoas e os processos são coordenados na organização e, em seguida, aprimore suas práticas com parceiros externos.”

Melhorar a eficiência do processo foi, de longe, o problema de negócios mais comum que as organizações procuraram abordar com dados e análises, com 54% dos entrevistados em todo o mundo elencando este entre seus três principais problemas.

Barreiras

Organizações relataram uma ampla gama de barreiras que os impedem de aumentar o uso de dados e análises. Segundo o levantamento, organizações tendem a experimentar um conjunto diferente de questões, dependendo da sua geografia e do atual nível de maturidade. No entanto, a pesquisa identificou as três barreiras mais comuns como: definição de estratégia de dados e análise; como obter valor de projetos; e resolver problemas de risco e governança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *