Home  >  Negócios

Stefanini adquire Gauge, consultoria de marketing digital e performance

Movimentação estratégica busca ampliar o portfólio da multinacional brasileira na área de inovação e marketing para melhorar a experiência do usuário

Da Redação

11/12/2017 às 10h50

aquisicao.jpg
Foto:

A Stefanini, multinacional brasileira de soluções e serviços de tecnologia, anunciou nesta segunda-feira, 11, a aquisição da Gauge, consultoria de marketing digital e performance, que tem em sua carteira clientes como Vivo, Itaú, Nike, Embraer, Ambev e Abbott. O valor do negócio não foi revelado.

A Stefanini, que tem concentrado os investimentos na transformação digital, vem apostando cada vez mais em inovação para oferta de soluções que melhorem a experiência do usuário, disponibilizando ferramentas digitais que ampliem a geração de resultados e a melhoria da experiência com produtos e processos. 

A Gauge continuará operando de maneira independente, porém com a capacidade de integrar todo seu portfólio de serviços à Stefanini e suas coligadas, para que possam, conjuntamente, oferecer soluções focadas em resultados para seus clientes.

“Com a sinergia existente entre a Gauge e a Stefanini queremos alcançar resultados acima do esperado e superar metas, a partir da geração de insights, definição da estratégia de negócios, criação da experiência do usuário, implementação da tecnologia que, consequentemente, permitirão a evolução do projeto em todas as áreas. Se o cliente precisar de mídia, por exemplo, poderemos oferecer por aqui”, afirma Marco Stefanini, fundador e CEO global da Stefanini. 

“Com a análise de dados e compreensão dos desejos e necessidades das pessoas, inclusive com entrevistas presenciais, é possível influenciar diretamente nos resultados de nossos clientes. Utilizamos dashboards personalizados e interativos para a apresentação de dados em tempo real, o que permite a tomada de decisões de forma mais rápida e objetiva. Com isso, conseguimos garantir maior eficiência em cada área de negócios, com menor esforço operacional e maior disponibilidade de dados de forma ágil”, garante Dante Calligaris, diretor executivo da Gauge.