Home  >  Inovação

Hospital Albert Einstein leva startups de healthcare para aceleração nos EUA

Erivelto Tadeu

19/10/2017 às 16h35

startup4.jpg
Foto:

Na próxima semana, o Hospital Israelita Albert Einstein leva para Ohio, EUA, três startups selecionadas dentre mais de 180 inscritos para aceleração naquele país. A partir de uma parceria com a Case Western Reserve University, de Cleveland, a Semana Internacional de Startups Einstein oferecerá às startups a possibilidade de receber coaching e mentoring em validação científica, tecnologia e negócios na instituição norte-americana, uma das mais prestigiadas do mundo, com uma história de 15 prêmios Nobel ganhos por pesquisadores que estão ou passaram pela universidade americana.

As startups ainda participarão de um dos maiores eventos mundiais sobre inovação em saúde, o Medical Innovation Summit, organizado pela Cleveland Clinic.

As empresas selecionadas foram a Hoobox, com sede em Campinas, no interior de São Paulo, que desenvolve tecnologia 3D e inteligência artificial para entender e prever comportamentos humanos na área da saúde, transportes, segurança e varejo. Tem entre seus produtos o Wheelie, programa de computador capaz de traduzir expressões faciais em comandos para controle de uma cadeira de rodas ou computador.

Outra startup é a Neoprospecta, empresa de Florianópolis, Santa Catarina, dedicada ao desenvolvimento e comercialização de análises microbiológicas inovadoras, baseadas em sequenciamento de DNA, análises biocomputacionais e técnicas de PCR (exame que mede a dosagem de proteína C reativa) quantitativo.

seo.jpg

Por fim, há a Phelcom, de São Carlos, no interior de São Paulo, focada no desenvolvimento de produtos na área de IoT Healthcare (internet das coisas), unindo soluções em óptica, eletrônica e computação para transformar equipamentos médicos em dispositivos portáteis e conectados.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *