Home  >  Plataformas

Uso de WANs definidas por software deve crescer 90% até 2020

Estudo da Forrester Research revela que somente nos EUA 64% das empresas planejam implantar ou substituir a WAN tradicional por uma solução SD-WAN nos próximos 12 meses

Da Redação - com Computerworld USA

15/07/2017 às 0h12

conexao.jpg
Foto:

As redes WANs definidas por software (SD-WANs) são uma nova abordagem para projetar e implantar uma rede de longa distância corporativa que usa software para determinar a maneira mais eficaz de encaminhar o tráfego para locais remotos. Para os líderes de TI, as SD-WANs podem ajudar a resolver os problemas de desempenho de aplicativos que consomem muita a largura de banda, sem a necessidade de upgrades de infraestrutura dispendiosos associados a uma WAN tradicional.

Apesar de tratar-se de um conceito relativamente recente, 64% das empresas nos Estados Unidos planejam implantar ou substituir a WAN tradicional por uma solução SD-WAN nos próximos 12 meses, de acordo com o estudo “Business Technographics Network & Telecommunications Survey, 2016”, da Forrester Research.

Um relatório da IDC aponta, inclusive, que a demanda por redes mais ágeis, impulsionadas pela tendência de migração de aplicações para nuvem e a mobilidade, deve impulsionar o crescimento das SD-WANs, que devem apresentar uma taxa média de crescimento composto anual (CAGR, na sigla em inglês) de 90% até 2020.

Um olhar rápido para a TI e a realidade corporativa explica o boom estimado para as SD-WANs. Se perguntar aos CIOs e administradores de redes o que ele mais precisam hoje para melhor apoiar os usuários, eles provavelmente listarão necessidades semelhantes — visibilidade maior de suas WANs, incluindo uma imagem mais precisa sobre como os aplicativos que estão sendo executados e quanta largura de banda eles consomem, e uma maneira mais simples para priorizar esses aplicativos, sem depender de um provedor de serviços para esse monitoramento. De modo geral, eles desejam desesperadamente provisionar a expansão das ramificações locais para atender a demanda dos usuários por conectividade em alta velocidade à WAN, sem quebrar o orçamento com os custos elevados de infraestrutura e o gerenciamento contínuo. Ironicamente, alguns locais têm largura de banda para poupar, enquanto outros são consumidores vorazes de largura de banda.

As equipes de TI e de rede querem um caminho para rearquitetar e reprogramar conexões cada vez que uma filial pede novos recursos, como um link de videoconferência, por exemplo. A entrega de aplicativos de alto desempenho para clientes e funcionários é fundamental para gerar uma experiência positiva ao cliente — aplicativos lentos ou interrupções hoje são simplesmente inaceitáveis. Em outras palavras, eles querem largura de banda sem emenda na rede distribuída da empresa.

Com as SD-WANs, eles podem ter isso e muito mais. As SD-WANs fazem o roteamento dinâmico de aplicativos, com uma combinação de tipos de acesso, público e privado, para atingir vários locais. Em vez de gerenciar vários roteadores, firewalls e switches — e todos os fornecedores que os vendem — os serviços de rede são hospedados em dispositivos de borda e controlados de um local centralizado e conveniente, fornecendo acesso e controle sobre toda a rede corporativa.

A IDC reporta que os gastos globais com serviços de nuvem pública irão superar a casa dos US$ 122,5 bilhões neste ano. Na verdade, a maioria das organizações raramente precisa de toda a funcionalidade das complexas infraestruturas legadas de WAN, mas eles pagam por isso de qualquer forma. Isso porque elas foram projetadas para resolver problemas de alcance das grandes redes, mas não conseguem atender as demandas de voz sobre IP, aplicações em tempo real, conectividade para aplicações em nuvem, proliferação de filiais e outras necessidades de TI. O legado de WANs baseadas em roteadores também é caro — pode facilmente corroer milhares de dólares para apenas um ponto do campus. Por comparação, os custos de usar uma SD-WAN para provisionar uma WAN podem ser significativamente inferiores ao custo de usar uma abordagem tradicional baseada em roteador.

Falando dos benefícios das SD-WANs, Andre Kindness, analista principal da Forrester Research cita modelos mais flexibilidade que agora prevalecem para democratizar o uso da rede, permitir a mobilidade de pessoas e dispositivos e capacitar a todos, não apenas os profissionais de rede, para exercer um certo nível de controle do consumo de recursos de rede.

Ciclo de atualização

Apesar dos benefícios e vantagens de custo das SD-WANs, seria imprudente simplesmente substituir o legado das WANs tradicionais. A infraestrutura de WANs, no entanto, tem um ciclo de atualização previsível. Como o fim do ciclo se aproxima, as empresas precisam fazer um planejamento para integrar as SD-WANs. Inicialmente, elas podem ser integradas de forma experimental, local a local. Esta abordagem possibilita que a cara infraestrutura de WAN tradicional seja gradualmente eliminada. Um conjunto inicial de destinos pode ser a conexão de filiais ao escritório central.

As SD-WANs podem agregar múltiplas e baratas conexões de internet de alta largura de banda em uma única conexão compartilhada e serem roteadas dinamicamente com base nas necessidades dos aplicativos. As melhores soluções SD-WAN permitem o roteamento dinâmico através de um único console remoto.

É preciso também olhar para ofertas SD-WAN que podem ser aproveitados para impulsionar a conectividade de internet segura, tornando-as mais competitivas em relação às linhas T-1 e opções Multiprotocol Label Switching (MPLS), mecanismo de redes de telecomunicações de alto desempenho. Estes e outros recursos estão disponíveis através da nuvem com SD-WANs, que possibilitam mais flexibilidade na conectividade aos usuários.

A implantação de SD-WANs em uma infraestrutura legada de WAN, no entanto, tem muitos desafios. E começa pela escolha do fornecedor. A seguir listamos alguns aspectos-chave para a seleção de um fornecedor:

Experiência no mercado. Embora as SD-WANs possam simplificar e fortalecer a gestão de uma WAN da rede, não ache que a implantação de SD-WANs é simples. O gênio da nuvem baseada em SD-WANs reside na complexidade que está oculta, derivada unicamente da experiência profunda no mercado de WAN. A experiência de um fornecedor pode ser verificada através de uma simples pesquisa na internet. Preste muita atenção ao que os clientes dizem sobre o valor da TI e de negócios das ofertas de WAN do fornecedor, juntamente com o número de SD-WANs implantadas.

Os fornecedores incumbentes tem grande experiência, mas fizeram fortunas vendendo roteadores caros. Uma pergunta razoável a ponderar é saber o quão comprometidos eles estão com uma tecnologia de roteador menos cara e totalmente não hegemônica.

Força de SLAs e QoS para SD-WANs. Os acordos de nível de serviço (SLAs) e qualidade de serviço (QoS) são garantias que devem ser exigidas para permitir que sejam definidos perfis de tráfego de rede, valores mínimos e máximos para perda de pacotes, latência e largura de banda do aplicativo. Defina políticas e as estenda sem problemas para cada localidade. Defina também diretivas que permitam priorizar automaticamente o tráfego.

Outras considerações. Ao considerar um fornecedor de serviços SD-WAN, verifique se ele oferece gerenciamento centralizado através de um "painel único" ou portal do cliente, que forneça visibilidade e controle de todas as funções da WAN. Verifique também se o serviço permite convergência amigável de voz, dados e aplicativos de vídeo, com provisionamento de baixo resiliência, e se oferece conexões redundantes em todos os locais para aumentar a resiliência geral. É importante notar se um fornecedor de SD-WAN está realmente fornecendo valor adicionado, como um portal de gerenciamento para facilidade de uso.

Tags