Home  >  Plataformas

Voluntários da TCS ensinam técnicas de programação em escola estadual de SP

A iniciativa faz parte da “Hora do Código”, iniciativa promovida pela ONG Code.org para difundir a Ciência da Computação

Da Redação

27/10/2016 às 9h54

relogios.jpg
Foto:

Colaboradores da Tata Consultancy Services (TCS), empresa de serviços de TI, consultoria e soluções de negócios, vão nesta sexta-feira (28) até a escola EEFMT Prof.ª Maria Theodora, que faz parte da FIEB (Fundação Instituto de Educação de Barueri), para ensinar e apresentar técnicas básicas de programação computacional para os alunos da rede pública. A ação faz parte movimento da TCS para “A Hora do Código” apoiada nas várias localidades em que a companhia atua mundialmente, incluindo os oito países da América Latina. Durante uma hora, 60 estudantes, com idade entre 7 e 18 anos, participarão desse aprendizado.

A Hora do Código é organizada pela Code.org, uma instituição pública sem fins lucrativos dedicada a promover e a tornar a Ciência da Computação disponível ao maior número de escolas possíveis. É realizada todos os anos durante a Semana da Educação em Ciência da Computação, que, em 2016, está marcada para os dias 5 a 11 de dezembro. Porém, as empresas organizam sua “Hora do Código” durante o ano inteiro.

No Brasil, a TCS integrou a Hora do Código a seu Programa de Conscientização em Tecnologia para Estudantes, chamado goIT. "Para a TCS é muito importante apoiar e participar dessas iniciativas, que estão sempre em nosso radar e às quais nos dedicamos no Brasil da mesma maneira que fazemos no mundo. Como uma das líderes globais em serviços de TI, sabemos que o futuro depende muito do interesse do jovens nos estudos. Através de programas assim é fácil despertar a atenção e levar conhecimento na área de Ciências da Computação, o que ajudará no desenvolvimento de habilidades de resolução de problemas, lógica e criatividade", analisa Tushar Parikh, Country Head da TCS para o Brasil.

Os alunos terão a oportunidade de aprender de forma lúdica a codificar utilizando a programação baseada em blocos para gerar movimentos, por exemplo Minecraft, designar tarefas e dar sentido a algumas ações de personagens como R2D2 (Star Wars), Angry Birds e Anna e Elsa, da animação Frozen. A ideia é que um estudante dessa faixa etária consiga terminar um desses tutoriais em 30 minutos. Os voluntários da TCS que irão coordenar a ação passaram por um treinamento com a equipe da Hora do Código no país.

A Hora do Código é global e atinge dezenas de milhões de estudantes em mais de 180 países. Tutoriais de uma hora estão disponíveis em mais de 40 idiomas, sendo que não é necessário ter experiência e que podem participar pessoas a partir de quatro anos de idade. De acordo com dados da organização, a Hora do Código é apenas um primeiro passo para uma jornada de aprendizado sobre como funciona a tecnologia e como criar aplicações de software. A partir desta base, professores e alunos impactados pela experiência podem ir muito além.