Home  >  Plataformas

Intel conecta Edison ao IBM Bluemix para alavancar projetos de IoT

felipe.dreher

27/04/2016 às 18h18

intel_edison.jpg
Foto:

A Intel quer facilitar a criação de dispositivos inteligentes e gadgets, robôs, drones e wearables a partir da placa de desenvolvimento Edison. A companhia realizou uma série de melhorias no IoT Developer Kit 3.0 do equipamento, que pode ser usado para programar funcionalidades em dispositivos de Internet das Coisas.

O conjunto de ferramentas dará suporte a um grande grupo de sensores e ganhou conectividade com os serviços em nuvem do IBM Bluemix. A solução também evoluiu capacidades de programação e integração com sistemas operacionais para IoT do Google (Brillo e Android).

O Edison tem sido usado como placa para desenvolvimento de protótipos e mecanismos de testes de aparelhos conectados à internet. Os novos recursos fortalecem a tecnologia para torná-la uma plataforma mais viável à criação de produtos finais. Assim, pode ser utilizada, por exemplo, para o desenvolvimento de “capacetes inteligentes” – embora seja muito grande para wearables de pequenas dimensões.

O kit de desenvolvimento pode, agora, conectar dispositivos inteligentes ao Bluemix. Assim, usando a nuvem, é possível ampliar o número de aplicações e serviços rodando nos aparelhos criados. Na outra ponta, programadores ganharam acesso templates com dados de sensores e outros serviços oferecidos no ambiente IBM.

Além disso, a conexão entre as duas tecnologias traz ao jogo a possibilidade de utilização de APIs do Watson para reconhecimento de imagem e texto, por exemplo.

99taxis99top_625.jpg

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *