Home  >  Acervo

Francisco Camargo assume a presidência da Abes

Nova diretoria vai continuar o trabalho da entidade de buscar novas formas de fomento e apoio à indústria brasileira de software

Da Redação

31/03/2016 às 10h45

software_saas_desenvolvimento.jpg
Foto:

A Abes (Associação Brasileira das Empresas de Software), entidade que reúne cerca de 1,6 mil empresas de software e serviços atuantes no país, anuncia a sua nova diretoria executiva para o próximo triênio. Francisco Camargo, fundador da empresa CLM Software, e Paulo Milliet Roque, fundador da Digiforte Tecnologia, assumem os cargos de presidente e vice-presidente da entidade, no lugar de Jorge Sukarie e Gérson Schmitt, que passam a atuar como presidente e vice-presidente do Conselho, respectivamente.

Fundada em 9 de setembro de 1986, a associação completa 30 anos de atividade no país em 2016. A entidade tem focado suas atividades na defesa dos interesses do setor de software e serviços de TI junto a representantes do governo, legislativo e judiciário e mantém atuação constante nos fóruns e movimentos de defesa da propriedade intelectual sobre a criação de software e combate à pirataria..

“A nova diretoria executiva vai continuar o trabalho da entidade de buscar novas formas de fomento e apoio à Indústria Brasileira de Software e Serviços, manter os projetos já consolidados pela associação e aprimorar as ações em prol da qualidade na educação e especialização profissional do setor”, diz Camargo.

Nos últimos anos, a Abes vem acrescentando às suas metas a aproximação e consolidação de objetivos e posicionamentos comuns com outras importantes entidades setoriais. Entidades como ACATE, Assespro, Brasscom, Fenainfo, Softex e Sucessu tem construído e defendido uma pauta setorial consolidada, fortalecendo a representação e visibilidade do setor software e serviços.

A entidade tem cerca de 1,6 mil empresas associadas ou conveniadas, distribuídas em 23 estados brasileiros, mais o Distrito Federal, responsáveis pela geração de mais de 120 mil empregos diretos e um faturamento anual da ordem de US$ 20 bilhões por ano. As empresas associadas à ABES representam 85% do faturamento do segmento de desenvolvimento e comercialização de software no Brasil e 33% do faturamento total do setor de TI, equivalente em 2014 a US$ 60 bilhões de vendas de software, serviços de TI e hardware.

Tags