Home  >  Carreira

Comércio a caminho da oferta personalizada

Regis Borghi, da Cnova, que opera os sites da Casas Bahia, Ponto Frio e Extra, é o destaque desta vertical

Da Redação

30/10/2015 às 1h15

regis_borghi.jpg
Foto:

A Cnova, que opera os sites da Casas Bahia, Ponto Frio e Extra, foi a companhia que mais cresceu em faturamento em 2104, segundo o ranking da Novavarejo: 90,2%.

O desempenho positivo vem fazendo com que a empresa direcione esforços para melhorar sua plataforma de marketplace. O foco, no Brasil, é a personalização das ofertas, e o primeiro passo para isso é a implantação de um sistema de vitrines automatizadas que utiliza modelos estatísticos e preditivos, com base nos dados coletados, para recomendar o melhor conjunto de itens de cada uma delas.

De cara, a automatização do processo de escolha dos produtos melhorou a produtividade entre as áreas comercial e de marketing para criação das vitrines, decretando o fim do envio de planilhas com informações sobre os produtos selecionados. E, claro, aumentou as vendas.

Segundo Borghi, o segredo foi combinar as informações de vendas do BI com os dados de navegação dos usuários para descobrir os produtos de maior conversão em cada vitrine. O próximo passo é usar os históricos e as preferências de cada cliente para, aí sim, personalizar as ofertas.

FINALISTAS DA CATEGORIA

Silvério Wagner Silva
Lojas Rede
CIO

Projeto de maior destaque para os negócios no momento: Projeto de e-commerce que, além de propiciar a redução de metade dos custos da loja virtual, permitiu a internalização de alguns serviços antes terceirizados e a reestruturação dos fornecedores de telecomunicações e infraestrutura, com redução de até 65% nos custos de telecom e impressão.

Visão de inovação corporativa: No mesmo período, foram implantados vários novos sistemas, um novo BI e contratados novos serviços em Cloud.

Rodrigo Barreto Vasconcelos
DAG J. Sleiman
CIO

Projeto de maior destaque para os negócios no momento: Redefinição do processo logístico para que o processamento do pedido seja feito de acordo com o layout da gôndola de exposição dos clientes visando reduzir drasticamente o tempo de exposição dos produtos entregues.

Visão de inovação corporativa: Hoje, o tempo para conclusão da exposição, após a chegada do pedido no domicílio do cliente, é maior que o tempo entre a criação do pedido pela equipe de força de vendas, sua preparação e entrega.

Deixe uma resposta