Home  >  Plataformas

Aliança Navegação adota solução Synchro para atender exigência tributária

Fisco exige precisão na entrega dos dados, pois erros no envio das informações à Receita Federal podem gerar penalidades às empresas

Da Redação

26/10/2015 às 9h00

leao_governo_fisco.jpg
Foto:

Para evitar erros no preenchimento da declaração e atender a entrega da ECF (Escrituração Contábil Fiscal), que substitui a antiga DIPJ (Declaração do Imposto de Renda Pessoa Jurídica), a Aliança Navegação e Logística adotou a solução ECF Web, da Synchro, empresa brasileira de softwares tributários, e automatizou o processo de apuração, a fim de atender a obrigação fiscal.

A obrigatoriedade do governo exige das empresas precisão na entrega dos dados, pois erros no envio das informações para a Receita Federal do Brasil podem gerar penalidades, uma vez que a ECF será uma maneira da Receita receber os dados das apurações do IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica), da CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) e das demais informações econômicas e gerais das empresas. Por isso, a atenção nos detalhes é crucial para garantir o envio correto das informações em setembro deste ano.

Com as últimas alterações nas obrigações acessórias nas esferas Municipal, Estadual e Federal, a Aliança Navegação e Logística decidiu modernizar a área tributária e eliminar o processo manual, que era feito por meio de planilhas eletrônicas e de sistemas corporativos que não possuíam a inteligência necessária para atender a crescente demanda.

"A adoção de softwares tributários foi a saída mais adequada, pois são mais ágeis na aplicação de alterações da legislação. Sendo a ECF uma obrigação nova, antes utilizávamos um método próprio para a antiga DIPJ (Declaração do Impostos de Renda Pessoa Jurídica), atendendo as necessidades básicas da obrigação de forma limitada, pois boa parte da atividade era realizada manualmente", explica Marcelo Viola, responsável pela área de tributos diretos da companhia.

A automatização do processo de apuração é um passo importante e pode ajudar empresas a evitar erros, recuperar informações e, consequentemente, reduzir as chances de receber autuações fiscais. Com a adoção da ECF Web, o principal ganho é a segurança para fazer essas apurações, pois, se necessário, a empresa consegue recuperar as informações de origem, e ganha agilidade e confiança em relação aos dados apurados.

O trabalho com a Synchro está em fase final de implantação, e a parceria fez as companhias trabalharem de forma colaborativa para atender particularidades da Aliança, realizando desde um diagnóstico de dados até a melhoria dos processos internos, e a expectativa é garantir um trabalho qualitativo nas informações apuradas para serem entregues ao fisco.

"Ao final do ciclo de obrigações fiscais eletrônicas, teremos uma qualidade e integridade das informações, por utilizarmos apenas uma ferramenta de recepção de dados. Como consequência, teremos a integridade e cruzamento dos dados para a geração das obrigações acessórias ao fisco", completa Viola.