Home  >  Carreira

Conrado Leister assume a presidência do SAS Brasil

Marvio Portela também ingressou na companhia para desempenhar a função de líder de vendas e pré-vendas no mercado brasileiro

Da Redação

02/09/2015 às 17h48

conrado_leister_-_presidente_sas_brasil_9.jpg
Foto:

O SAS contratou Conrado Leister para ocupar a presidência de sua operação no Brasil. Marvio Portela também ingressou na companhia para desempenhar a função de líder de vendas e pré-vendas no mercado brasileiro e de cloud analytics na América Latina.

“A chegada de dois executivos demonstra que estamos investindo e crescendo”, afirma Márcio Dobal, vice-presidente da provedora de ferramentas analíticas para a região, sinalizando que agora pretende dedicar-se mais a operações em outros países.

Leister chega com a incumbência de prosseguir com o crescimento do SAS no Brasil, mantendo o país em destaque na América Latina. Para isso, deverá focar na performance, no cliente e nos colaboradores da companhia.

O executivo acredita que há campo para crescer, principalmente em cloud, General Business (área destinada a suprir demandas de empresas que não necessitam de infraestrutura robusta), marketing digital, com novos produtos, e em diferentes setores da indústria.

Recentemente, ele atuava como vice-presidente da SAP para a América Latina. Seu currículo estampa passagens pela consultoria Strategy& (antiga Booz&Co).

Marvio Portela, por sua vez, retorna ao SAS, onde já havia atuado entre 2010 e 2013. Em seu novo desafio, o executivo objetiva elevar o crescimento nas vendas e acredita que quanto mais difícil a situação econômica do país, mais as empresas necessitam de inteligência analítica para resolver desafios de negócio.

O executivo explica que o investimento na oferta de soluções em nuvem será um divisor de águas para a empresa na região. Sua meta é fazer da companhia uma referência no assunto até o final de 2016. Em breve, a empresa anunciará novos profissionais para integrar sua equipe.

Graduado em Engenharia de Sistemas da Computação pela Universidade do Rio de Janeiro, ele passou por empresas como Unisys, Xerox, BEA Systems, IBM e Oracle.

Deixe uma resposta