Home  >  Carreira

Encontro em SP discute desafios dos deficientes visuais no mercado de TI

Evento organizado pela BandTec reunirá profissionais, estudantes e especialistas para discutir mercado de trabalho em TI e acessibilidade

Da Redação

24/08/2015 às 10h34

programador_visual.jpg
Foto:

O cenário do mercado de trabalho para profissionais de TI com Deficiência Visual é tema de Encontro Nacional que será realizado na Faculdade BandTec, em São Paulo, no dia 29 de agosto.

O ENTIDV - Encontro Nacional de Profissionais de TI com Deficiência Visual, reunirá desenvolvedores, arquitetos de software, analistas de sistema, administradores de dados e outros profissionais e estudantes interessados por tecnologia e acessibilidade.

A proposta do evento é reunir palestrantes que já atuam no mercado apresentando aa visão sobre o dia-a-dia destes profissionais discutindo técnicas, ferramentas e práticas que visam o aumento da produtividade e da qualidade dos ambientes de trabalho em relação à acessibilidade. 

A palestra de abertura será feita por José Vilmar, programador com deficiência visual que trabalha no mercado de TI desde 1970. O engenheiro de software do Google, Lucas Radaelli, apresentará um case sobre o tema e os cinco pontos importantes na carreira dos programadores cegos, desde a faculdade até o mercado de trabalho.

Do lado das empresas, o analista de testes da Softplan, Marcelo Rocha de Souza, vai relatar detalhes do Programa de Inclusão e Capacitação de PCD, criado com o objetivo de qualificar o colaborador para o trabalho que será desenvolvido na empresa.

“Qual a posição que você quer ocupar? Saber onde se quer chegar faz a diferença para o profissional, independente da deficiência. É fundamental se especializar e aproveitar as habilidades desenvolvidas para conquistar espaço no mercado de trabalho”, diz Marcelo, que faz parte da equipe que torna acessíveis os programas para o poder Judiciário.

Segundo o programador, ter uma equipe de analistas com deficiência visual no comando de testes de sistemas permite torná-los mais acessíveis, dá credibilidade para homologação dos sistemas e gera novas melhorias para dar mais conforto e autonomia aos usuários deficientes.

A Softplan tem hoje sete deficientes visuais no seu quadro de funcionários, trabalhando em áreas como análise de sistemas e de implementação. “Queremos integrar os profissionais aproveitando o potencial de cada um na área tecnológica”, destaca Paula de Sousa Rocha, analista de Desenvolvimento Humano e Organizacional da Softplan.

O ENTIDV - Encontro Nacional de Profissionais de TI com Deficiência Visual - acontece na sede da Faculdade BandTec, em São Paulo, no dia 29 de agosto das 08h00 às 17h30. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site www.entidv.com.br

Deixe uma resposta