Home  >  Inovação

Samsung direciona estratégia de wearables para o mercado corporativo

Smartwatches e óculos de realidade virtual poderiam ser usados para emitir alertas e transmitir informações

IDG News Service

29/04/2015 às 13h29

samsung_gearvr_oculos_wearable.jpg
Foto:

A Samsung Electronics quer tornar o trabalho mais divertido e produtivo ao destinar aparelhos vestíveis e óculos de realidade virtual para tais fins.

Até então a companhia tem vendido smartwatches e seu Gear VR para consumidores finais, em sua grande maioria. No entanto, a sul coreana tem mostrado planos para explorar seu uso para algumas empresas.

Da mesma forma, tem trabalhado com alguns desenvolvedores para criar aplicativos importantes para smartwatches e também para desenvolvimento de conteúdo, uma chave que conduz os headsets.

Mas como essa tecnologia seria aplicada nos negócios? A ideia é que óculos de realidade virtual poderiam apresentar conteúdos multimedia e relógios inteligentes seriam adequados para enviar alertas e dar acesso à informações críticas.

No entanto, esses dois dispositivos também apresentariam desafios, entre eles a segurança no caso de programas BYOD (sigla para Bring Your Own Device, algo como traga seu próprio aparelho para o escritório). A Samsung poderia integrar, por exemplo, uma nova camada de segurança caso foque em desenvolver aparelhos vestíveis para empresas.

Quanto ao headset, os desafios seriam relacionados ao desenvolvimento e a entrega de novos conteúdos, o que geraria por exemplo demandas específicas para cada tipo de negócio e indústria.

Bob O’Donnell, principal analista na Technalysis Research, acredita que levará ainda anos de experimentos para descobrir como dispositivos vestíveis serão usados por empresas.

Além de alertas e bilhetes, dispositivos vestíveis podem também se tornar acessórios para pessoas no escritório, como por exemplo a substituição de chaves e servir como base para apresentações.

Deixe uma resposta