Home  >  Negócios

Google, Apple e Amazon já gastaram US$ 7,5 milhões com lobby em 2015

As três ampliaram recursos alocados para influenciar políticos e órgãos dos EUA. Facebook e Microsoft cortaram custos na área

IDG News Service

22/04/2015 às 13h55

apple_burn_625.jpg
Foto:

Google, Apple e Amazon gastaram quantias recordes no primeiro trimestre de 2015 tentando influenciar políticos e órgãos dos Estados Unidos.

O Google, que já era o maior “lobista” de Washington DC, gastou nada menos que US$ 5,47 milhões nos três primeiros meses do ano, de acordo com um relatório publicado pelo Senate Office of Public Records.

Isso fez com que a gigante de buscas fosse o quinto maior lobista federal em todos os setores do mercado durante o período, aponta uma análise da Maplight.

O Google vem aumentando cada vez mais a quantia que gasta para influenciar o caminho das políticas e leis sobre uma variedade de assuntos. Desde a metade de 2011, a empresa gastou, em média, pelo menos meio milhão de dólares por mês em áreas centrais do seu negócio, como publicidade e segurança online, e outras tangenciais, como tecnologia de drones e reforma de impostos internacionais.

A Apple gastou US$ 1,24 milhão em Washington no primeiro trimestre, superando seu recorde anterior de US$ 1,19 milhão nos últimos três meses de 2014. Os oito lobistas da empresa cobriram áreas incluindo livros digitais, comércio internacional, patentes e direitos autorais, e diversidade em locais de trabalho.

A Amazon aumentou sua “conta do lobby” para um valor recorde de US$ 1,91 milhão, expansão de 14% em relação ao trimestre anterior.

Mas nem todas as gigantes de tecnologia aumentaram seus gastos com lobby no trimestre anterior.

O Facebook cortou seus gastos para US$ 2,44 milhões, queda de 12% em relação ao mesmo período de 2014, enquanto que a Microsoft desembolsou US$ 1,89 milhão, diminuição de 9%.

Deixe uma resposta