Home  >  Negócios

Vendas da IBM caem 12% no trimestre mesmo com novo mainframe Z3

A empresa anunciou queda também nos lucros, que ficaram 5% abaixo do mesmo período de 2014. Alta do dólar fora dos EUA pesou na conta

Da Redação - com IDG News Service

20/04/2015 às 23h20

ibm_watson.jpg
Foto:

A IBM anunciou hoje o resultado do seu segundo trimestre fiscal, encerrado em 31 de março, com queda de 12% na receita e 5% nos lucros comparados com o mesmo período de 2014. A receita em dólar, que foi de US$ 19,6 bilhões no trimestre, foi impactada pela alta da moeda fora dos Estados Unidos.

Dois terços dos negócios da Big Blue vêm do exterior e ao converter as receitas em moeda local para dólar o resultado ficou menor que o projetado.

A justificativa foi dada pelo CFO da IBM, Martin Schroeter, durante a call de apresentação dos resultados com analistas financeiros no final do dia. Schroeter também explicou que o ajuste da venda de algumas divisões de negócios também impactou o resultado.

Segundo o CFO, sem o impacto da variação cambial e os ajustes das vendas, a receita da IBM teria ficado do mesmo tamanho que no ano anterior.

Assim como sua rival HP, a IBM tem visto seus negócios encolherem ao longo de vários trimestres na medida em que os clientes gastam menos com hardware e serviços de TI e dedicam mais orçamento para cloud computing e mobilidade.

A HP está tentando resolver o problema dividindo-se em duas companhias, enquanto que a IBM vendeu divisões de negócios pouco lucrativas, como a divisão de servidores x86, vendida para a Lenovo, enquanto investe em áreas que considera mais importantes para o crescimento dos negócios.

Nesta segunda-feira, a IBM disse que a receita vinda dos "imperativos estratégicos", que incluem cloud, analytics e mobile, cresceu mais de 20% sobre o mesmo período do ano anterior. Embora o crescimento tenha sido importante, não foi suficiente para aplacar o declínio das vendas em outras áreas.

É o caso da divisão de global services, que teve queda de 2% nas vendas, que fecharam o trimestre em US$ 12,2 bilhões, e da divisão de software, que também teve queda de 2% nas vendas, fechadas em US$ 5,2 bilhões no trimestre.

A divisão de hardware ganhou uma vantagem por conta do lançamento de novos produtos. A receita com mainframes mais que dobrou de um ano para outro e mesmo a divisão de servidores Power também teve crescimento, disse Schroeter.

Segundo o CFO, a IBM vai terminar de lançar os novos processadores Power 8 em todos os seus servidores no trimestre. Mesmo assim, a somatória geral das vendas na divisão de hardware da IBM ficou 23% menor que no ano anterior, em US$ 1,7 bilhões.

A IBM vem investindo pesadamente para alcançar o mercado em outras áreas, incluindo o investimento de US$ 3 bilhões para criar uma nova divisão de Internet das Coisas (IoT) e também a aposta na oferta de novos serviços de analytics que usam o poderoso supercomputador Watson, e no desenvolvimento de novos serviços móveis com a Apple.

Deixe uma resposta