Home  >  Plataformas

Os desafios dos ambientes corporativos colaborativos e abertos

As companhias transformaram os ambientes corporativos, antes fechados e hierarquizados, em espaços horizontais e amplos

Vera Thomaz

09/04/2015 às 8h15

ambiente_data_center_futuro.jpg
Foto:

O ambiente corporativo enfrenta uma mudança da dinâmica de trabalho que culmina em uma transformação do layout dos escritórios. Os ambientes fechados, com salas individuais e hierarquizados, estão em declínio e abrem espaço para sedes muito mais amplas, muitas vezes sem paredes para proporcionar maior colaboração entre os funcionários. Acontece que, entende-se que o trabalho é realizado por pessoas, não máquinas, por isso a preocupação com o bem-estar da equipe.

No entanto, existem desafios na adaptação à estes novos ambientes corporativos, que exigem investimentos em novas ferramentas de trabalho. Os escritórios abertos permitem a comunicação livre entre os colaboradores, no entanto inviabilizam conversas particulares ou podem ser um problema para pessoas que não conseguem se concentrar com muitas pessoas em volta conversando.

Falar ao telefone também pode ser um desafio. Ruídos podem vazar e dificultarem o entendimento por um cliente ou impedir que o funcionário escute claramente o que é dito. Todavia, voltar aos escritórios individuais, fechados e que incentivam o trabalho mecânico não é uma opção, até porque, os profissionais que fazem parte do mercado de trabalho hoje, buscam, além de boa remuneração, qualidade de vida, afinal passa-se grande parte do dia dentro da empresa.

As comunicações unificadas (UC), o futuro da comunicação, são imprescindíveis no futuro dos ambientes corporativos. Os ruídos externos não são mais um problema com produtos comcancelamento superior de ruídos, tais como vozes próximas, buzinas de carro até mesmo o vento.

Outro fator importante é a mobilidade, se o espaço é aberto, não faz sentido que o colaborador fique preso a fios, ou tenha que ficar próximo à sua estação de trabalho caso o telefone toque. Com a tecnologia de UC wireless é possível sincronizar o headphone com o smartphone, computador e telefone de mesa. Na prática o usuário pode estar escutando uma música no PC e ser avisado pelo headphone que recebeu uma chamada pelo smartphone, para atender basta tocar no próprio headphone.

A mobilidade dos dispositivos UC também possibilitam que o colaborador transite pelo ambiente enquanto fala, ou vá para um ambiente privado. O futuro da comunicação já está disponível, assim como esta nova dinâmica de organização corporativa já se mostra como alternativa para aumentar o engajamento dos funcionários, a permanência na empresa e o aumento da produtividade. E no mercado, independente qual seja o setor de atuação, sobrevive aquele que se adapta mais rapidamente ao futuro, quem evolui mais rápido.

*Vera Thomaz é Senior Territory Manager da Plantronics.

Deixe uma resposta