Home  >  Plataformas

Alog expande data center com solução “inovadora” da Emerson

Tecnologia de resfriamento adotada pelo centro de processamento de dados promete redução entre 30% e 60% nos custos de energia

Felipe Dreher

23/10/2014 às 9h10

Foto:

A Alog é o primeiro data center do Brasil a adotar uma solução inovadora de resfriamento desenvolvida pela Emerson Network Power. O centro de processamento de dados instalou nove equipamentos de ar condicionado de precisão que prometem redução entre 30% e 60% nos custos de energia na sua infraestrutura de Tamboré (SP). 

O projeto previu instalação de equipamentos Liebert modelo DSE, da provedora, entre junho e julho para atender uma área de expansão de 1,6 mil metros quadrados capaz de abrigar 650 racks. O valor da iniciativa não foi detalhado. 

Contudo, a provedora afirma que apesar de um investimento inicial mais alto (se comparado a uma solução tradicional), é possível atingir um ROI adequado em pouco tempo, com a empresa já colhendo frutos do projeto em economias de custo a partir do segundo mês de utilização. 

A economia vem do quesito “inovação tecnológica” do equipamento adotado. A solução de ar condicionado de precisão nessa aplicação faz uso de Free Cooling de forma indireta para economizar no consumo de energia do próprio equipamento de ar e gerar eficiência energética. 

O conceito de free cooling considera a captação de ar externo direto e é comum em regiões frias. “No Brasil, por ser um país tropical, há raras regiões para captação de ar externo com a finalidade de resfriar data centers”, explica Rafael Garrido, da Emerson Network Power. 

De acordo com ele, só foi possível adotar essa abordagem no data center da Alog com a criação de um mecanismo que faça o uso indireto para resfriar gás refrigerante contido nas unidades de ar condicionado de precisão, sem utilizar água gelada, chillers ou ar externo diretamente.

linguagem de programação C

A diferença entre abordagem com relação a sistemas tradicionais de refrigeramento de DCs reside no fato de que a máquina controla a operação dos compressores dependendo da temperatura externa. Ou seja, quando existe uma variação de temperatura do ar externo em relação ao ar interno do Data Center em torno de 10 graus, fazendo com que o sistema de free cooling indireto seja acionado ou desligado.  

Os sistemas de ar condicionado e refrigeração respondem por cerca de 40% no consumo de energia de um data center. A tecnologia ofertada utiliza o conceito de free cooling indireto, que utiliza gases refrigerantes do próprio equipamento de ar condicionado, mantendo a temperatura adequada mesmo com os compressores desligados. 

A expectativa da Emerson Network Power é que essa tecnologia apresente um crescimento de 5% ao ano e represente cerca de 30% das vendas em 2015. 

 

Expansão da Alog

A Alog segue um processo de expansão de suas estruturas no país. Ao final de 2013, anunciou investimentos de R$ 52 milhões para tocar a terceira fase de ampliação de seu data center de Tamboré. O site, focado em projetos modulares de colocation para grandes empresas, recebeu aportes de R$ 60 milhões nas duas primeiras fases. 

No final de julho de 2014, a companhia foi comprada pela Equinix por US$ 225 milhões, que já detinha 53% da brasileira, adquiridos em 2011. Na ocasião, já era sinalizado adoção de tecnologia de free cooling indireto – que auxilia no resfriamento do ambiente ao utilizar o ar frio externo direto para esfriar o líquido refrigerante, assim ocorre troca de calor e o resfriamento do ar interno do site.