Home  >  Segurança

Empresas perdem US$ 210 mil ao ano por negligência com senhas

Pesquisa conduzida pela consultoria Widmeyer revela que 38% das pessoas não usam password nos dispositivos pessoais, mesmo que acessem sistemas corporativos

Computerworld

15/10/2014 às 12h51

Foto:

Uma pesquisa conduzida em setembro junto a 2 mil profissionais da Europa e América do Norte indicou que quase a metade dos respondentes usa aparelhos pessoais para propósitos de trabalho. Outro dado interessante é que 38% deles não usam senhas nesses dispositivos, mesmo que eles acessem sistemas corporativos de mensageria, documentos confidenciais, informações de clientes ou investimentos.

Além disso, outros 25% admitem usar sempre o mesmo password; 29% anotam a senha em um caderno ou folha e 30% afirmaram que suas senhas são sempre pequenas variações de uma mesma sequência. Do total, 12% dos entrevistados acreditam que seus mecanismos de segurança são extremamente seguras. 

De acordo com o levantamento realizado pela consultoria Widmeyer a pedido da provedora de sistemas de gerenciamento unificado Centrify, tal postura desencadeia perdas superiores a US$ 420 por empregado ao ano, o que significa que uma organização com cerca de 500 colaboradores amargaria custos anuais da ordem de US$ 210 mil com esse tipo de questão.  

A consultoria descobriu que aproximadamente um terço dos funcionários digitam senhas mais de 4 mil vezes por ano para acessar aplicações corporativas, gastando algo como 24 horas nesse tipo de processo. Outro dado do levantamento aponta que metade dos entrevistados acredita, erroneamente, ter até cinco perfis online e 37% cria mais de 50 novas contas todos os anos.