Home  >  Carreira

Seis atitudes que as empresas esperam dos estagiários

Consultora da Page Talent ensina como esses jovens talentos devem se preparar enquanto estão na universidade para conquistar uma vaga de trainee.

Redação

07/05/2014 às 7h46

Foto:

Com a falta de especialistas em TI no mercado, as empresas estão investindo pesado em programas de estágio para formar novos talentos. Elas querem contratar sangue novo mas segundo consultores, esses estudantes precisam ter vontade de aprender, saber se comportar no ambiente corporativo e atender as expectativas do empregador.  

Participar de um programa de estágio requer muito mais que uma simples candidatura. Estudantes que se dedicam no ambiente acadêmico e vão além do que o professor pede em sala de aula adequam-se ao perfil que as empresas estão procurando para atuar como estagiário. 

“As empresas investem em programas de estágio. Querem candidatos que estejam antenados com o mercado e conectados com a empresa onde irão estagiar. É por isso que os processos são bem criteriosos. Os candidatos a um estágio precisam entender o que as empresas esperam deles”, explica Flávia Queiroz, gerente da Page Talent, unidade de negócios da Page Personnel dedicada ao recrutamento de estagiários e trainees.

Veja a seguir seis da especialista para estudantes se darem bem durante o período de estágio: 

1- Bom desempenho escolar e comprometimento com a faculdade

Não basta fazer uma boa faculdade. É necessário que o candidato se dedique, participe, que absorva conteúdo e desenvolva o raciocínio necessário para aquela disciplina. Durante o processo seletivo, algumas empresas avaliam o coeficiente de rendimento dos candidatos na faculdade.  

2- Usar o aprendizado que tem na faculdade a favor da empresa. Trazer sugestões e novidades

As universidades sempre estão se atualizando em relação às tendências do mercado. Logo, os estudantes também. É importante que o candidato aproveite o que aprende e o que vê de novidade na faculdade para aplicar no seu trabalho.  

3- Participar de atividades acadêmicas como Empresas Juniores e Diretórios acadêmicos

Este é o primeiro contato que o candidato pode ter com o mundo corporativo. Apesar de ser uma simulação do mundo corporativo, essas instituições trabalham em cima de metas, tem níveis hierárquicos definidos e plano de carreira. É uma ótima oportunidade de começar a desenvolver algumas competências e também a começar a entender com quais áreas se identifica.  

4- Atividades complementares ou extra curriculares como pesquisas, monitoria, idiomas, palestras e outras atividades que contribuam para seu desenvolvimento

Aproveite o tempo livre que você tem nos primeiros anos da faculdade para se envolver em atividades que colaborarão com o seu desenvolvimento. Isso demonstra seu interesse em participar de projetos e que você investe em você mesmo. 

5- Aproveitar os trabalhos acadêmicos para simular uma vivencia profissional

Leve seus trabalhos acadêmicos a sério! Aproveite para desenvolvê-los da forma mais profissional possível. Consulte seus professores que também trabalham em empresa, ouça a opinião deles. Se for um trabalho que tem espaço para fazer consulta em alguma empresa, faça isso. Ligue para a empresa, peça informações, eventualmente até uma reunião.

Marcos Pontes

6- Aproveitar o momento para conhecer as possibilidades de área de atuação e de carreira

Em pouco tempo você será elegível a concorrer a uma vaga de estágio. Aproveite para se descobrir, para identificar as áreas que tem afinidades. Procure entender o mercado e as áreas de uma empresa. 

Converse com colegas e familiares que já trabalham, aproveite o contato com os professores para entender a diferença entre as áreas e as responsabilidades de cada uma delas. No momento em que for concorrer a uma vaga de estágio, é importante que a empresa perceba que você sabe o que quer. 

 

Deixe uma resposta