Home  >  Negócios

TI pode gerar lucros e não apenas redução de custos

Os departamentos de tecnologia da informação podem ser criativos mas apenas se a gestão explicar as suas prioridades.

Computerworld

08/07/2011 às 19h31

Foto:

Os departamentos de TI podem ajudar as empresas a aumentar as receitas e os lucros, e não apenas auxiliar a cortar custos e obter ganhos de eficiência, afirma Oskar Mencer, CEO e especialista em computação de alto desempenho (“high performance computing” ou HPC) da Maxeler Technologies.

“A TI pode ter efeito positivo na receita, não só para economizar alguns dólares aqui e ali. É uma grande oportunidade para a TI”, considera  Mencer, CEO da Maxeler Technologies.

Concorda com Mencer Roger Bearpark, chefe adjunto de TIC no Hillingdon Council (Reino Unido), cuja equipe de TI, graças à virtualização, consome apenas 20% do tempo para “manter as luzes acesas”. O retante do tempo é direcionado para trabalhar “de forma mais produtiva” com a gestão.

Mencer acredita que é fundamental os criadores de aplicações participarem da concepção dos sistemas em que as aplicações são executadas. "Os programadores [de aplicações] precisam estar envolvidos. Eles não podem ter apenas um computador e executar tarefas”, disse ele. Mencer dá um exemplo de como a tecnologia HPC pode aumentar as receitas em algumas indústrias.

Na do petróleo, por exemplo, as companhias podem usar a HPC para executar algoritmos científicos complexos que ajudam a localizar mais rapidamente os dados que são difíceis de encontrar.

Porém, o pré-requisito para os departamentos de TI entenderem como podem ser mais inovadores para ajudar as organizações a ganhar dinheiro não tem nada a ver com tecnologia, de acordo com Mencer. “Alguém deve se sentar com o departamento de TI e dizer-lhes como é que o negócio funciona, como se lucra e como podem ter impacto nos negócios”, diz.

Deixe uma resposta