Home  >  Plataformas

Tablets ainda estão distantes do mercado corporativo

admin

20/04/2011 às 15h59

Foto:

Os tablets podem até ser a nova febre da tecnologia, mas ainda não convenceram o mercado corporativo, afirma pesquisa do instituto de pesquisas Forrester Consulting, encomendada pelas empresas Dell e Intel.

Para o estudo, foram entrevistados diretores de TI, que tinham de responder sobre quais seriam os dispositivos capazes de torná-los mais produtivos. O notebook - citado por 59% dos executivos – ficou em primeiro, seguido pelos computadores de mesa (50%) e smartphones (41%).

A pesquisa foi motivada por recentes constatações de que o sucesso do iPad estava causando queda nas vendas de PCs, e que os consumidores estavam passando mais tempo com os tablets do que em frente ao notebook. A conclusão foi de que, embora isso esteja ocorrendo com o consumidor final, nas empresas a história é outra.

Um tablet com Windows foi lembrado por menos de 10% dos entrevistados, índice semelhante ao obtido pelos tablets com Android e iOS. Pelo menos, eles ficaram à frente dos netbooks, mencionados por menos de 5% dos diretores.

API Sensedia

Além de não serem vistos como essenciais, os tablets trariam mais problemas do que soluções, segundo a maioria dos executivos. No estudo, 58% deles disseram que o crescente número de dispositivos que devem ser suportados - e o custo que tudo isso envolve – são as principais preocupações antes de adquiri-los.

Por fim, o estudo deixa claro que o PC não está morto. Por mais óbvia que seja a constatação, ela serve como um alívio para empresas como Dell e HP, cujos produtos, em grande parte, são encaminhados ao mercado corporativo.

Tags

Tags:,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *