Home  >  Negócios

Gartner: consolidação pode gerar fusão de grandes fornecedores

Essa é a visão de Donald Feinberg, consultor emérito da instituição, que acertou que a Oracle compraria a Sun.

Rodrigo Afonso

15/09/2009 às 10h51

Foto:

Há algum tempo o movimento de fusão entre diversas empresas é apontado como uma das grandes tendências para a área de TI. De acordo com o consultor emérito do Gartner, Donald Feinberg, uma das principais negociações que podem ocorrer na indústria é aquisição da Microsoft pela HP.

Segundo o consultor, a negociação faz todo o sentido, já que o mercado aponta para um cenário em que os usuários vão concentrar seus gastos um único grande fornecedor e seu ecossistema. "Falta hardware à Microsoft e software à HP para que as companhias estejam de acordo com essa nova realidade. Com os problemas que a Microsoft vem enfrentando para competir no mercado, que tendem a crescer, a negociação é bem lógica".

Feinberg disse que, caso se torne realidade, a aquisição ainda vai levar algum tempo para ocorrer. A previsão é de que vai levar mais de um ano.

A declaração foi feita na Conferência anual do Gartner, que ocorre em São Paulo. No ano passado, na mesma ocasião, Feinberg antecipou que a empresa norte-americana de banco de dados Oracle poderia comprar a Sun, especializada em hardware e sistemas para servidores. A transação se concretizou em abril deste ano.

Na mesma leva de previsões, Feinberg afirmou também que a alemã SAP, empresa de sistemas de gestão, poderia adquirir a Sybase, companhia especializada em softwares analíticos.