Home  >  Plataformas

País terá mais de 12 mi de clientes de banda larga móvel em 2009

Brasilia - Segundo a GSMA, associação que reúne fabricantes e operadoras, base de assinates do serviço vem dobrando a cada seis meses.

Fabiana Monte

25/06/2009 às 12h15

Foto:

ATUALIZADA ÀS 16H58

Até o fim deste ano, o Brasil vai superar a marca de 12 milhões de usuários de banda larga móvel, segundo previsões de Ricardo Tavares, vice-presidente de políticas públicas da GSMA, associação que reúne fornecedores e operadoras de telefonia celular.

Dados da Agência Nacional de Telecomunicações indicam que existem cerca de 10,5 milhões de usuários de terceira geração no País, contabilizando modems USB e celulares - modems são cerca de 6 milhões, segundo o executivo. Tavares diz que a base de banda larga móvel no Brasil vem dobrando a cada seis meses.

"Há demanda reprimida por banda larga. Cometemos só um erro na introdução do 3G no Brasil: as operadoras previram uma demanda menor do que veio", avaliou Tavares, em evento sobre a tecnologia de quarta geração de telefonia móvel LTE (Long Term Evolution), em Brasília.
 
Segundo o executivo, o Brasil começa a enfrentar problemas de alta demanda e queda de disponibilidade de espectro. "Existe um limite para que você possa absorver mais usuários", completou.

Tavares não quis estipular quando a capacidade atual de espectro será alcançada, impedindo o crescimento da base de usuários e reduzindo a velocidade de acesso a internet pelas redes 3G. Mas especialistas dizem que a capacidade do espectro atualmente disponível seria atingida em 2010.

*A jornalista viajou à Brasília a convite da organização do evento LTE: tecnologia e mercado

Deixe uma resposta