Home  >  Plataformas

Linha do tempo: Unix completa 40 anos

Framingham - Conheça os fatos que marcaram a história de um dos sistemas operacionais mais importantes da indústria da tecnologia.

Computerworld

09/06/2009 às 7h00

Foto:

A história de quatro décadas do Unix é marcada por muitos pontos de virada e fatos que determinaram seu rumo na indústria. Conheça alguns dos acontecimentos mais relevantes ao longo desta trajetória.

1956 - Um decreto do Departamento de Justiça norte-americano proibiu a empresa AT&T de se dedicar a outro negócio que não fosse infraestrutura de serviços de comunicação.

1969 - Em março, os laboratórios Bell, pertencentes à AT&T, desistem de desenvolver o Multics, conceito de servidores complexos que poderiam ser acessados por terminais em diversos pontos. Mas alguns dos mais importantes princípios do Multics seriam transportados para a linguagem Unix.
Em agosto, Ken Thompson escreve a primeira versão de seu sistema operacional, em linguagem assembly, para o minicomputador DEC PDP-7. O desenvolvimento foi feito nos laboratórios Bell.

1970 - O sistema operacional de Thompson é batizado de Unics, siga para Uniplexed Information and Computing Services. Mais tarde, o nome é alterado para Unix.

1971 - Em fevereiro, o Unix passa a ser desenvolvido no minicomputador PDP-11, da Digital Equipment Corp. Em novembro, é lançada a primeira edição do “Manual do Programador Unix”, escrito por Ken Thompson e Dennis Ritchie.

1972 - Dennis Ritchie desenvolve a linguagem de programação C.

1973 - O Unix ganha mais maturidade com um mecanismo para compartilhamento de informação entre dois programas, funcionalidade que iria influenciar sistemas operacionais por décadas. Além disso, o sistema operacional é reescrito na linguagem C.

1974 - Em Janeiro, a Universidade da Califórnia, em Berkeley, recebe uma cópia do Unix.
Em Julho, Dennis Ritchie e Ken Thompson escrevem um artigo sobre o Unix que é publicado no jornal mensal da Association for Computing Machinery (ACM). Os autores o classificam como um sistema operacional para diversos fins, multiusuário e interativo.

1976 - Mike Lesk, programador dos Laboratórios Bell, desenvolve o UUCP (Programa de cópia Unix para Unix) para transferência de arquivos, e-mail e conteúdo Usenet dentro da rede.

1977 - Pela primeira vez o Unix é colocado em um hardware que não é da marca DEC. A novidade era o recebimento do sistema por novos equipamentos: Interdata 8/32 e IBM 360.

1978 - Bill Joy, estudante graduado pela Berkeley, distribui cópias do sistema operacional Berkeley Software Distribution (1BSD) com algumas funções adicionais. O principal rival dessa distribuição é o Unix da AT&T. Suas variantes incluem sistemas como FreeBSD, NetBSD, Open BSD, DEC Ultrix, SunOS, NeXTstep/OpenStep e Mac OS X.

1980 - O 4BSD torna-se a primeira versão do Unix a incorporar o protocolo TCP/IP.

1982 - Bill Joy se torna um dos fundadores da Sun Microsystems, empresa focada em produção de estações de trabalho baseada em Unix.

1983 - AT&T entrega a primeira versão do seu influente Unix System V, que se tornaria a base para o AIX da IBM e o HP-UX, da HP. Ken Thompson e Dennis Ritchie recebem prêmio da ACM pelo desenvolvimento de uma teoria de sistemas operacionais genéricos e pela implementação do Unix.
Richard Stallman anuncia planos para o sistema operacional GNU, sistema similar ao Unix, composto de software livre.

1984 - No encontro USENIX/UniForum, a AT&T apresenta sua política de suporte para o Unix. O X/Open Co., um consórcio europeu de fabricantes de computadores, é formado para padronizar o Unix de acordo com o guia de portabilidade X/Open.

1985 - AT&T publica as definições System V Interface Definition (SVID), uma tentativa de configurar um padrão para o funcionamento do Unix.

1986 - Rich Rashid e colegas na Universidade de Carnegie Mellon criam a primeira versão do Mach, um kernel substituto para o BSD Unix, com a intenção de criar um sistema operacional com boa portabilidade, segurança forte e que usa aplicações multiprocesso.

1987 - Os Laborarórios Bell e a Sun Microsystems anunciam planos de desenvolver em parceria um sistema que unificaria as duas principais distribuições Unix. Andrew Tanenbaum escreve o Minix, um Unix com código aberto, para ser utilizado em aulas de ciências da computação.

1988 - A “Guerra dos Unix” está em andamento. Em resposta à parceria firmada entre AT&T e a Sun, fornecedores rivais de Unix, incluindo DEC, HP e IBM, formam a Fundação de Software Livre (OSF). AT&T e seus parceiros resolvem contra-atacar formando o grupo Unix International. O IEEE, organização voltada para representar profissionais de tecnologia, também cria um conjunto de padrões para Unix, chamado Posix (Portable Operating System Interface for Unix).

1989 - Os Laboratórios Unix Systems, subsidiária dos Laboratórios Bell, lançam o System V Release 4 (SVR4), uma colaboração com a Sun que unifica System V, BSD, SunOS e Xenix.

1990 - O OSF lança uma resposta ao SVR4, o OSF/!, baseado em Mach e BSD.

1991 - A Sun Microsystems anuncia o lançamento do Solaris, sistema operacional baseado no SVR4
Linus Torvalds escreve o Linux, um kernel de sistema operacional aberto inspirado no Minix.

1992 - O kernel Linux é combinado com o GNU para a criação do sistema operacional  GNU/Linux, que passou a ser conhecido no mundo inteiro simplesmente como Linux.

1993 - AT&T vende sua subsidiária Unix System Laboratórios e todos os direitos do Unix para a Novell. No mesmo ano, a Novell transfere a marca Unix para o grupo X/Open. A Microsoft apresenta o Windows NT, sistema de 32-bit para multiprocessamento. Com medo do NT, os envolvidos em UNIX começam a se esforçar para obter uma melhor padronização.

1994 - A NASA inventa o conceito de computação Beowulf, baseado em clusters baratos que rodam Unix ou Linux em uma rede TCP/IP.

1996 - X/Open se funde com a Open Software Foundation para formar o The Open Group.

1999 - O então presidente norte-americano Bill Clinton concede a Ken Thompson e Dennis Ritchie a medalha nacional da tecnologia pelo trabalho que desenvolveram nos Laboratórios Bell.

2002 - O Open Group anuncia a Versão 3 das especificações únicas para Unix (Single UNIX Specification, antes conhecida como Spec 1170).

Deixe uma resposta