Home  >  Plataformas

Pane nos telefones fixos: para especialista, falha deste tipo é ‘estranha’

São Paulo - Consultor diz que atualização de software pode ter causado problema, mas considera difícil isso ocorrer em uma 'rede madura'. Serviço foi restabelecido em 6h.

Fabiana Monte

09/06/2009 às 17h27

Foto:

A pane na rede da Telefônica que deixou assinantes de telefonia fixa de São Paulo sem realizar e receber chamadas nesta terça-feira (09/06) foi causada por um problema na rede de sinalização da operadora, segundo informações preliminares divulgadas pela empresa.

A rede de sinalização é responsável pelo completamento da chamada. Eduardo Tude, presidente da consultoria de telecomunicações Teleco, explica que essa rede identifica o número de telefone para o qual se está ligando e a central onde ele está, e, em seguida, estabelece a chamada telefônica.

Fazendo uma analogia, Tude afirma que a rede de sinalização desempenha a função que as telefonistas tinham, no início do sistema de telefonia, interconectando chamadas. O especialista diz-se surpreso com a informação de que a falha que causou a pane nos telefones de São Paulo tenha ocorrido justamente nesta rede, considerada madura e estável pelo consultor.

"Pode ter sido uma atualização de software, mas é estranho. Uma falha deste tipo é difícil, porque a rede de sinalização é isolada e 'mais bem comportada'. Ela só serve para isso, não está misturada com outras coisas. Pela importância que tem, é feita assim", avalia Tude.

A Telefônica divulgou há pouco comunicado para a imprensa, informando que o serviço de telefonia fixa foi restabelecido no Estado de São Paulo às 15h. A empresa ressaltou, no entanto, que ainda há clientes corporativos, além de usuários no processo de portabilidade numérica de ou para redes diferentes da operadora que podem estar com problemas.

Na avaliação de Tude, o prazo de seis horas para o restabelecimento completo dos serviços está dentro do esperado. E, justamente por se tratar de defeito na rede de sinalização, que é isolada e menos complexa do que a infraestrutura de acesso à internet, por exemplo, o tratamento do problema também é mais simples. Por isso, o serviço foi restabelecido aos poucos, até sua normalização ser completada às 15h. "No caso do Speedy, era necessário mais tempo para identificar as causas", analisa.

pane nos telefones fixos no Estado de São Paulo foi identificada às 9h desta terça-feira (09/06) e impedia os usuários de realizar chamadas locais, de longa distância nacional e internacional, ligações para telefones 0800 e call centers e para outras redes, como a de celulares.

Deixe uma resposta