Home  >  Plataformas

Procon avalia laudo sobre pane do Speedy

São Paulo - Órgão vai analisar se documento justifica oferta da operadora em ressarcir 12 horas de serviço aos usuários atingidos por falha de abril.

Redação

08/06/2009 às 17h50

Foto:

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP) comunicou nesta segunda-feira (08/06) o recebimento de um laudo técnico da Telefônica sobre o motivo da falha no serviço de internet banda larga Speedy ocorrida no início do mês de abril.

O Procon-SP vai avaliar se o documento, que recebeu na sexta-feira (05/06), justifica o ressarcimento de 12 horas  do serviço aos usuários atingidos, que foi proposto pela operadora em reuniões realizadas com o órgão de defesa do consumidor.

Leia também:
> Banda larga é refém da instabilidade
> A razão dos problemas na Telefônica
> Pane: Procon-SP notifica Telefônica
> Guia de pacotes 3G: Claro, CTBC, Oi, Tim e Vivo
> Banda larga: Saiba escolher o plano mais indicado
> Fora das capitais brasileiro sofre com banda larga

Caso a explicação não seja satisfatória, a fundação afirma que vai adotar as medidas previstas no Código de Defesa do Consumidor, nos artigos 56 e 57, que permitem, entre outras ações, a aplicação de multas, suspensão de fornecimento de serviços e até intervenção administrativa da empresa.

Na semana passada, a Telefônica comunicou a entrega do laudo técnico do CPqD à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) atestando que a pane no Speedy foi causada por “ações deliberadas e de origem externa”, bem como problemas de software e configuração de sistemas.

Deixe uma resposta