Home  >  Carreira

IBM demitiu 2,8 mil silenciosamente, diz sindicato

De acordo com organização de trabalhadores da IBM, 2,8 mil funcionários foram demitidos. Empresa não associa demissões com reestruturação.

Computerworld

26/01/2009 às 16h57

Foto:

A Microsoft, a Sun e diversos outros fornecedores de tecnologia assustaram o mercado ao anunciar demissões em massa. Foram mais de 30 mil demitidos somente em janeiro de 2009. A IBM não fez anúncios públicos, mas estaria cortando funcionários silenciosamente.

De acordo com o sindicato Alliance@IBM, uma organização de funcionários da companhia, 2,8 mil funcionários foram mandados embora.  As demissões parecem estar ocorrendo principalmente nas unidades de software e de vendas/distribuição.

Doug Shelton, porta-voz da IBM, tentou amenizar a situação dizendo que os cortes são consequência do processo contínuo de avaliação da força de trabalho da companhia. Disse ainda que a natureza dos serviços da organização demanda que a empresa possua flexibilidade com sua equipe.

Os resultados apresentados pela IBM para o quarto trimestre do ano passado ficaram acima das expectativas, com um crescimento de 12% de lucro em relação ao mesmo período do ano anterior. No entanto, especialistas apontam que o declínio em algumas áreas pode acarretar em reestruturação e cortes.

De acordo com Andrew Bartels, analista da Forrester Research, o mau resultado no negócio de hardware, que teve 20% de queda no quarto trimestre de 2008, pode representar ameaças à força de trabalho.

Bartels ainda especulou sobre a estratégia de reposicionamento da IBM e indicou que a empresa pode estar negociando a aquisição da Satyam, que esteve envolvida em escândalos de fraudes.

Deixe uma resposta