Home  >  Plataformas

TIM perde o 2º lugar no mercado de celulares para a Claro

Ambas encerraram agosto com 25,09% de participação, segundo a Anatel. Porém, Teleco declara que a vantagem é da Claro.

Daniela Moreira

18/09/2008 às 16h29

Foto:

A Claro passou a TIM em participação no mercado de celulares, assumindo a segunda posição. Ambas encerraram agosto deste ano com 25,09% de participação cada uma, de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Contudo, a consultoria Teleco levantou os número exatos e concluiu que a Claro levou vantagem, com 5.778 assinantes a mais.

Em julho, a TIM estava em segundo lugar com 25,26%, enquanto a Claro era a terceira com 24,92%. Para o presidente da Teleco, Eduardo Tude, a Claro está fortalecendo sua marca e liderando a cobertura em 3G - o que vem lhe garantindo um crescimento mais forte que o da rival.

Já em agosto último, a Claro levou vantagem nas adições graças à sua política de subsídios mais forte, que lhe garantiu um bom desempenho nas vendas do  Dia dos Pais, segundo o executivo. "A tendência é a Claro se consolidar no segundo lugar", opina o especialista.

A Vivo permanece na liderança do mercado, com 30,12% de participação, uma leve queda em relação a julho, quando a fatia da operadora era de 30,25%.

A Oi voltou a crescer, ficando com 15,62% (tinha 15,48%) de participação de mercado, seguida pela BrasilTelecom, com 3,72% (tinha 3,74%). A CTBC Telecom Celular, com 0,31%, e a Sercomtel Celular, com 0,05%, mantiveram a mesma participação do mês anterior.

O Brasil encerrou agosto com 138,3 milhões de celulares ativos, 3 milhões a mais que no mês anterior, de acordo com dados preliminares da Anatel.

O número faz de agosto de 2008 o mês com quinto maior crescimento na história da telefonia celular no Brasil, perdendo apenas para meses de dezembro (2003, 2004, 2005 e 2007), tradicionalmente fortes para o setor.

A tecnologia GSM continua líder, com mais de 86% de participação. O CDMA tem 10,8% dos acessos e o TDMA, 1,9%.