Home  >  Plataformas

Siemens Enterprise Communications e Enterasys vão formar joint venture de US$ 5 bi

Formação da nova empresa consumiu investimentos de US$ 550 milhões, bancados pela Siemens e pelo controlador da Enterasys.

Network World

30/07/2008 às 19h00

Foto:

A Enterasys vai ser absorvida pela Siemens Enterprise
Communications para a formação de uma única companhia.

O movimento foi possível por que o The Gores Group, empresa de
private equity que é dona da Enterasys, entrou em acordo com a
Siemens. 

O grupo anunciou, ainda, que a joint-venture vai contar também
com a empresa de software de call center SER Solutions call center, também de
propriedade de grupo.

A empresa combinada terá números gigantescos. Ela está
avaliada em 5 bilhões de dólares, vai contar com mais de 1 milhão de clientes,
15 mil funcionários e presença em 80 países. O grupo Gores vai ter 51% de
participação na joint venture, enquanto a Siemens vai manter 49%.

A Enterasys já tinha anunciado o interesse de crescer
significativamente - representantes da empresa chegaram a mencionar faturmento
de 1 bilhão de dólares - para competir melhor contra o líder de mercado de switch
Cisco e a Juniper.

O grupo Gores e a Siemens investiram aproximadamente 550 milhões
de dólares para a formação da joint venture. A transação deve ser concluída no
dia 30 de setembro, após análise regulatória.

O acordo dá a Enterasys, fabricante de switches LAN com soluções
de segurança, um leque que vai de comunicações unificadas e infra-estrutura de
VoIP e aplicações. As soluções da Siemens HiPath e OpenScape estão entre os líderes
de mercado, disse o CEO da Enterasys Mike Fabiaschi.

“Isso nos faz o 3 ou 4 fornecedor em VoIP. Em 35% das vezes
que alguém está analisando infra-estrutura para rede de dados, eles também
analisam VoIP e aplicações em vídeo,” disse Fabiaschi.

"Escala e marca são pontos importantes para nós.
Claramente, esse acordo resolve a questão de escala e marca. A Siemens é
considerada uma das 50 maiores marcas do mundo. Foi um golaço para nós”,
completou.

A Enterasys precisava disso. A empresa está presa aos 1,5% de
participação no mercado de 18 bilhões de dólares de switch Ethernet há anos, segundo
o Dell'Oro Group.

Já a Siemens vinha buscando a venda da sua divisão de Enterprise
Communications por dois anos, desde que combinou a sua divisão de negócios com
carriers com a Nokia na Nokia Siemens Networks.

Ainda não há decisão oficial sobre o nome ou se a marca Enterasys
será retirada. Também não foi esclarecido se a direção da Enterasys vai fazer
parte da nova companhia. Mark Stone, diretor do Gores, vai ser o chairman e CEO
interino da joint venture.

Deixe uma resposta