Home  >  Negócios

Para onde sopram os ventos do Linux?

Iniciativa online busca orientar corporações e desenvolvedores de código sobre o status de certos projetos de kernel Linux. Saiba quais os possíveis rumos.

Computerworld

21/08/2007 às 7h05

Foto:

A organização sem fins lucrativos Linux Foundation criou uma iniciativa para dar às corporações e mesmo aos desenvolvedores de código aberto uma melhor orientação sobre projetos específicos de kernel de Linux.

Trata-se do Linux Weather Forecast, um website criado em parceria com o desenvolvedor Jonathan Corbet, exibe trabalhos atualizados feitos pela comunidade que poderão ser incluídos no kernel do sistema operacional e nas principais distribuições de software aberto futuramente.

Leia Também:
Linux no ambiente corporativo funciona?
Para onde caminha o rival do MS Office, o Open Office?

As previsões apontadas pelo site fornecem resumos de trabalhos em áreas como desenvolvimento do kernel do Linux, virtualização, sistemas de arquivos, segurança, redes e suporte para hardware. Cada resumo é dividido em suas condições atuais e previsões de curto e longo prazo. Além disso, o sumário tem um certo grau de anaálise que indica o que pode aparecer depois de 2007 ou mesmo nunca acontecer.

O objetivo do webiste é fornecer um repositório central de informações atualizadas e de uma forma fácil de compreender. Com o passar do tempo, a fundação poderá considerar também a inclusão de gráficos como forma de tornar os dados ainda mais fáceis de visualizar.

Outros destaques do COMPUTERWORLD:
> A Microsoft é irrelevante, diz Linus Torvalds
> Cobertura especial do FISL - Fórum de Software Livre
> Governo compra 520 mil PCs com Linux para escolas
> Brasil vai se tornar referência em software livre
> Da ideologia à prática estratégica

Segundo Jim Zemlin, diretor executivo da Linux Foundation, à medida que o Linux cresce de forma a competir em pé de igualdade com outros sistemas proprietários, como o Windows, da Microsoft, é necessário que o software tenha também mecanismos ricos em suporte.

A criação do Linux Weather Forecast é uma forma de melhorar os pontos fortes do sistema. Um deles, consideram os especialistas, é seu modelo de desenvolvimento aberto que permite que muitas pessoas contribuam e o refinem, levando-o ao rápido desenvolvimento. Zemlin estima que todos os dias os desenvolvedores adicionam cerca de 2,3 mil linhas de código ao kernel do Linux. Em média, uma nova versão do kernel aparece a cada três meses, enquanto distribuições novas do sistema operacional estréiam a cada seis meses. Distribuições corporativas tendem a ser lançadas a cada 18 meses.

O ponto negativo de tal atividade, entretanto, é que o desenvolvimento acelerado não tem sido tarefa fácil de acompanhar para todos os usuários de Linux, fornecedores e desenvolvedores, diz Zemlin. Anteriormente, para conseguir níveis de atualização sobre os projetos de desenvolvimento de um kernel, o interessado não raro precisava se inscrever em muitas listas de discussão.

"Muito do suporte para o desenvolvedor Linux está no Google", adicionou, à medida que pessoas tendem a recortar e colar linhas de código na ferramenta de busca na esperança de encontrar respostas para seus problemas com software.

Formada neste ano, a Linux Foundation é fruto da união de dois evangelizadores do sistema operacional, o Open Source Development Labs e o Free Standard Groups. A organização tem trabalhado em duas tarefas principais, segundo Zemlin: fomentar o desenvolvimento sobre os pontos fortes do Linux e reduzir suas fragilidades.

Até o momento, a fundação oferece também o Linux Developer Network, site de recursos para programadores, semelhante ao Microsoft Developer Network.