Home  >  Carreira

Plano de reestruturação da Intel pode cortar 10 mil funcionários

Documento da empresa diz que a Intel vai anunciar um plano de reestruturação a na próxima terça-feira (05/09) que inclui a demissão de milhares de funcionários.

Computerworld

01/09/2006 às 10h21

Foto:

Um documento divulgado pela Intel revela que a empresa anunciará o resultado de uma revisão das operações internas na próxima semana, o que poderá incluir a demissão de 10 mil de funcionários da organização, o que representa 10% da sua força de trabalho.

O CEO (chief executive officer) da companhia, Paul Otellini, informou aos seus empregados por e-mail na última quinta-feira (31/08) que revelaria os resultados de uma revisão interna por meio de um webcast na próxima terça-feira (05/09). A informação foi divulgada pelo jornal The New York Times e cita um funcionário que não quis se identificar.

O porta-voz da Intel, Chuck Mulloy, baseado na Califórnia (EUA), disse que a empresa planeja anunciar o plano de reestruturação antes do final do terceiro trimestre, se referindo a algum dia de setembro. Apesar disso, ele desconversou sobre as especulações de demissões.

A Intel alertou em abril que seus rendimentos poderiam cair drasticamente este ano e disse que a reestruturação envolvia corte de custos no valor de 1 bilhão de dólares. “Reorganizaremos a companhia para rever nossa proposta e nosso tamanho no futuro”, afirmou Otellini.

A organização estava batalhando este ano contra a queda no crescimento da venda de PCs e contra o aumento da competição com a AMD (Advanced Micro Devices), que estava crescendo sua participação no mercado, principalmente em serviços.

A Intel prometeu voltar à atividade expressiva em relação à participação no mercado com a nova geração de microprocessadores dual-core que começou a ser comercializado em junho deste ano.

Deixe uma resposta