Home  >  Negócios

NEC planeja continuar venda de fábricas

Fabricante japonesa de terminais de telefonia celular e equipamentos para redes estuda a venda de 20 unidades de fabricação espalhadas pelo mundo como parte de um plano global de reestruturação.

Infoworld

05/01/2001 às 13h46

Foto:

Como parte do programa de reestruturação em andamento, a NEC do Japão, está considerando a venda da maior parte de suas unidades de fabricação de telefones celulares e equipamentos de rede em outros continentes, conforme informou um porta-voz da companhia nesta sexta-feira, dia 5.

"A NEC Networks tem cerca de 20 subsidiárias em outros continentes e estamos estudando-as uma por uma", disse Aiko Shikimori, um porta-voz da NEC. "Temos que analisar cuidadosamente como negociá-las e ainda não decidimos vender nenhuma delas", complementou o porta-voz.

No início do dia, um jornal de negócios do Japão informou que a NEC já havia iniciado as negociações para a venda de oito unidades de fabricação.

Shikimori desmentiu a reportagem mas afirmou que existem negociações em andamento para a venda da Technologies NEC de Mexico S.A. .

Além disso, de acordo com o jornal japonês, a NEC está analisando a transformação de 13 de suas plantas em companhias independentes que trabalharão tanto para a NEC como para outras empresas. Três destas unidades, a NEC do Brasil — vendida em junho de 2000 para a Celestica Inc. —, a NEC America e NEC Technologies da Inglaterra já foram convertidas em empresas independentes.

No mês passado, a NEC anunciou a venda de sua fábrica inglesa, responsável pela produção de telefones celulares, para a Celestica Inc., empresa de terceirização de manufatura que continuará a produzir celulares com a marca NEC.