Home  >  Plataformas

HP otimiza desenvolvimento de produtos de consumo

Tecnologia batizada de PICO (program in, chip out) promete reduzir tempo de design, consumo e custos em dispositivos eletrônicos com acesso à Internet, handhelds e impressoras.

Infoworld

02/01/2001 às 17h11

Foto:

A Hewllett-Packard anunciou nesta terça-feira, dia 2, que está iniciando os testes de um novo sistema que promete reduzir drasticamente o tempo de desenvolvimento, custos e poder de consumo de dispositivos como aparelhos para Internet, PDAs (personal digital assistants) e impressoras.

A tecnologia batizada de "program in, chip out" (PICO), desenvolvida pelos laboratórios da HP, na Califórnia, visa a redução do tempo necessário para desenvolver sistemas internos de computadores para os chamados produtos inteligentes.

"É necessário alta performance, em muitos casos, e também baixo custo para se ter um produto de consumo e a única maneira de alcançar isto é customizar o sistema do computador para uma aplicação particular, eliminando o que não é necessário e oferecendo somente o que é solicitado", explica Bob Rau, cientista de pesquisas sênior da HP.

Inicialmente, a HP usará sua tecnologia PICO internamente e poderá oferecê-la como um serviço ou uma ferramenta para outras companhias.

A tecnologia PICO reduz o tempo de desenvolvimento automatizando partes do processo de fabricação. Ela utiliza códigos escritos na linguagem básica de programação C, e automaticamente, desenha um processador EPIC (Explicitly Parallel Instruction Computing) — cuja arquitetura, base do processador Intel IA-64, foi desenvolvida em conjunto pela HP e pela Intel — customizado bem como um acelerador para o mesmo.