Aplicações > Sistemas Operacionais

Windows 10: conheça os principais recursos que devem estar no próximo update

Com o codinome Redstone 4, previsão de lançamento da próxima versão é até o segundo trimestre deste ano

29 de Janeiro de 2018 - 09h12

A Microsoft parece já estar se preparando para o próximo grande update do Windows 10 após liberar nesta semana a Build 17083 para os participantes do seu programa de preview Insider. Com o codinome Redstone 4, a próxima versão do Windows 10 deve chegar até o segundo trimestre deste ano.

A empresa realizou diversas melhorias no sistema com essa nova build, incluindo uma renovação do gerenciamento de fontes e como o histórico de um usuário é tratado dentro do recurso Timeline. Chama a atenção a ausência do recurso Sets, uma interface de usuário (UI) intrigante que essencialmente substitui as janelas separadas por uma interface no estilo de um navegador.

Mas vale notar que a companhia tinha alertado anteriormente que a UI poderia levar meses antes de ser aplicada ao sistema – o lançamento da versão final é esperado para o final de 2018, ou até depois – então a retirada do Sets foi planejada. “Se você estava testando o Sets, não o verá mais – no entanto, o Sets retornará em breve em um voo após o Redstone 4!”, afirmou a engenheira de software do programa Windows Insider, Dona Sarkar.

O mais interessante de tudo é que a Microsoft sinalizou que está se preparando para finalizar o Redstone 4. A empresa afirmou anteriormente que tinha planejado os updates principais do Windows 10 e Office para março e setembro.

O que isso significa para você: o Redstone 4 poderia ser um lançamento mais suave, caso a ausência de introduções mais chamativas ou sessões com múltiplos desenvolvedores sirvam de indicativo. Isso pode significar que recursos úteis, mas de alguma forma subestimados, como Timeline venham ser as principais adições do update, juntamente com outras melhorias subjacentes.

Confira seis mudanças chave que podemos esperar ver no próximo update do Windows 10 com base na build 17083:

1. Fontes, fontes, fontes

Se você é um designer gráfico, fontes podem ser as ações da sua bolsa. Para outros profissionais, provavelmente não é algo tão presente. A Microsoft adicionou agora um menu específico Configurações (Settings) para controlar fontes, com um preview de cada família de fontes e como é o visual de cada uma. Se uma fonte possui controles adicionais embutidos, como a habilidade de ajustar a extensão de uma fonte variável como Bahnscrift, esses controles também aparecerão lá.

Talvez mais importante ainda, você poderá encontrar fontes na Windows Store, assim como é possível buscar e baixar novos Temas para personalizar seu desktop no Windows. A Microsoft diz que atualmente há apenas algumas fontes disponíveis, mas que outras chegarão em breve.

2. Melhorias na Timeline

O Timeline geralmente era pensado como um recurso que andaria lado a lado com o Sets, mas o Timeline muito provavelmente estará sozinho como um dos principais recursos do Redstone 4. Agora, a Microsoft está aparentemente preocupada que haverá informação demais no Timeline, já que está permitindo que os usuários apaguem os dados a cada dia ou a cada hora.

Uma nova configuração te permite sincronizar suas atividades com a nuvem para o que a Microsoft promete que será uma experiência simples entre diferentes aparelhos.

3. Quiet Hours vira Focus Assist

A Microsoft pegou um nome excelente – Quiet Hours – e o substituiu com uma tentativa clara de pegar o que ele faz e deixar alinhado com o ambiente de trabalho. O Focus Assist basicamente desabilita notificações e alertas quando você precisa de tranquilidade, como durante uma apresentação. Agora, há três camadas no Focus Assist: uma onde apenas notificações prioritárias passarão, outra onde apenas alarmes/despertadores vão te interromper, e uma simples chave “off”. Você poderá acionar e desligar essas configurações ao clicar com o botão direto do mouse no painel de notificações do Action Center.

4. Windows Hello mais fácil de ser habilitado

A Microsoft corretamente aponta que configurar o Windows Hello, mesmo em um PC com suporte para o recurso, exigia um mergulho mais profundo nas configurações, adicionar um PIN para então configurar o Hello. Agora, é possível iniciar a configuração da ferramenta logo na tela de acesso.

5. Barras de rolagem podem ser habilitadas como “always on” nos apps UWP

Frustrado com o fato dos aplicativos UWP (Plataforma Universal do Windows) esconderem as barras de rolagem para um visual mais clean? Seus problemas acabaram. Vá em Settings > Ease of Acess > Display – lá, você ligar ou desligar as scrollbars, escolhendo se quer que elas fiquem sempre visíveis.

6. Novidades de privacidade

De forma separada, a Microsoft revelou que planeja ajustar as configurações de privacidade do Windows 10, te dando a habilidade de apagar resultados de busca individuais, assim como ajustar a Privacy Dashboard que mostra a quantidade de dados armazenada pela empresa.

Além disso, a companhia também afirmou que irá restringir o acesso de apps UWP às pastas de Documentos, Vídeos ou Imagens sem a sua autorização. Se um app quiser olhar as suas fotos, terá de pedir. Você também poderá as configurações de privacidade para gerenciar esse acesso por conta própria.