API da semana

Por felipe.dreher
Sobre esse blog:

As APIs são a "cola" da Internet.
Entusiasta por tecnologia e geek convicto, Kleber Bacili é CEO da Sensedia

Home > API da semana

Viber usa API para conquistar parceiros e usuários

28 de Setembro de 2015 - 08h55

Você tem um celular no bolso? Talvez ele esteja na mesa? Ou, provavelmente, você está lendo esse texto nele, segurando-o na mão, certo?

De uma forma ou de outra, já há alguns anos os smartphones são “mainstream”. Até aquelas tias resistentes à tecnologia não têm mais para onde fugir.

E junto com essa modernidade, chega também a busca pela atenção. Meia dúzia de aplicativos instalados é o suficiente para tornar seu celular uma das melhores fontes de distração já criadas pelo homem.

Apps de mensagens instantâneas, eventos na agenda, joguinhos, bancos. Todos querem garantir alguns segundos do seu foco. Todos querem conquistar seu clique, que você abra aquele app!

Fora a enxurrada de botões de curtir e compartilhar, em todo site, de todas as empresas!

Esse impulso de ficar ligado em vários estímulos é tão vital para as empresas que um dos maiores aplicativos de comunicação instantânea do mundo, o Viber, entrou na onda e lançou uma API voltada a empresas que querem se comunicar com seus clientes.

Apesar de não ser tão popular quanto o WhatsApp, o market share do Viber é bem significativo, com mais de 600 milhões de usuários no mundo, segundo o Market Watch.

A ideia é usar uma tecnologia A2P (app to person) para incentivar que empresas de telecomunicações entreguem mensagens em nome de outras empresas, tais quais bancos e provedores de cartão de crédito.

O objetivo é uma comunicação pessoal e direta, sendo econômica para as empresas e mais eficiente que outros métodos. Veja os detalhes da API aqui.

Além de mensagens de texto, as empresas podem mandar imagens e botões. Também é possível criar canais públicos de mensagens, que podem ser seguidos por qualquer pessoa, ou ainda a criação de stickers temáticos, que podem ser usados pelas pessoas em suas conversas, procurando gerar brand awareness. Por meio da API, ainda se pode obter confirmação de mensagem vista, enviada e entregue.

Bem legal, né?

O objetivo do Viber é conseguir um novo ecossistema de parceiros, com tarifas competitivas e pagamento somente pelas mensagens que realmente chegaram aos seus destinos.

Várias gigantes das telecomunicações e comunicação via SMS, como a Nexmo, já fecharam parceria e estão implementando a nova API.

Essa estratégia do Viber segue uma linha muito interessante.

Ao mesmo tempo em que o uso da API cai em um nicho de telecomunicações bastante interessante, a abertura de espaço para parceiros em um ambiente rico e desenvolvido como esse garante espaço para inovação e crescimento do número total de usuários da plataforma.

Definitivamente, é legal ver essa estratégia no papel.

Vamos ver se funciona e torcer para que novas estratégias de negócios criativas baseadas em API (como a do Uber) surjam nos próximos meses.

Posts anteriores

Todos os Blogs