Tecnologia > Hardware

Vendas mundiais de PCs caem 4,3% no segundo trimestre

Remessas de computadores pessoais totalizaram 61,1 milhões de unidades no período de abril a junho. Este foi o 11º trimestre consecutivo de queda nas vendas, segundo o Gartner

08 de Agosto de 2017 - 13h27

As vendas mundiais de PCs caíram 4,3% no segundo trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2016, segundo dados divulgados esta semana pelo Gartner. No período de abril a junho, as remessas globais de PCs totalizaram 61,1 milhões de unidades. De acordo com a consultoria, esse foi o 11º trimestre consecutivo de declínio e aquele com os piores números em termos de volume desde 2007.

Os preços mais elevados dos computadores, por conta de escassez de componentes importantes como unidades de disco SSD, memória RAM e tela LCD, foram um dos principais vilões das baixas vendas registradas no trimestre, aponta o Gartner.

HP, Lenovo e Dell

A HP desbancou a Lenovo e recuperou a liderança do mercado mundial de PCs no período. Para isso, a empresa vendeu um total de 12,6 milhões de máquinas, o que lhe garantiu uma participação de 20,8% no mercado, um pouco à frente da rival asiática, que registrou 12,1 milhões de PCs comercializados e uma fatia de 19,9% no segmento.

Completa o pódio a Dell, com 9,5 milhões de PCs vendidos e participação de 15,6%, seguida de longe por Apple e Asus, na quarta e quinta colocações, com 4,2 milhões e 4,03 milhões de computadores comercializados no trimestre, respectivamente.

Sem Chromebooks

O Gartner não inclui as remessas de Chromebooks no número geral do mercado de PCs pelo mundo. O segmento de aparelhos com o sistema do Google registrou um crescimento de 38% em 2016.