Negócios > Servidores

Vendas de servidores x86 cresce 12% em receita no Brasil no primeiro trimestre

Entre janeiro e março deste ano, setor movimentou US$ 116 milhões. Em unidades, o crescimento foi de 15% na comparação ano sobre ano

31 de Julho de 2017 - 14h41

As vendas de servidores x86 totalizaram US$ 116 milhões no primeiro trimestre no Brasil, o que representa um crescimento de 17,9% em relação aos US$ 104 milhões registrados no mesmo período de 2016, de acordo com estudo da IDC. As remessas também aumentaram, 15%, e somaram 25.688 equipamentos comercializados.

“Os fabricantes de servidores x86 tiveram um comportamento mais agressivo no começo de 2017 e realizaram muitas campanhas promocionais. Além disso, ainda havia sobra de estoque de 2016, o que influenciou o aumento na receita e até no número de unidades comercializadas”, diz Luis Altamirano, analista de pesquisas da IDC Brasil.

Apesar do crescimento no primeiro trimestre, para 2017 a IDC Brasil prevê queda de 14% na receita de servidores x86 mas, por outro lado, aumento de 6% em unidades vendidas. “Em 2016, a receita gerada foi de US$ 492 milhões, principalmente por conta dos grandes negócios globais que tiveram impacto no país”, acrescenta Altamirano.

Para este ano, a expectativa é de que isso não ocorra novamente e, consequentemente, o mercado chegue a US$ 425 milhões. “Em 2017, não teremos muitos investimentos em servidores de alta performance e os fabricantes devem focar em volume, principalmente de aparelhos em formato de torre”, finaliza.