| Saiba mais  Patrocinado por

Toda empresa pode usar a Oracle Cloud. E, para provar, liberamos um crédito de 300 dólares

Experimente por nossa conta, durante 30 dias, os serviços de nuvem da Oracle Cloud para acelerar sua transformação digital

16 de Novembro de 2017 - 10h47

Fato: uma empresa não precisa ser grande para usar cloud computing. Toda companhia – micro, pequena, média ou grande – pode tirar proveito pleno das vantagens da computação em nuvem e acelerar sua passagem para a economia digital.

“A tecnologia de nuvem pode ser estratégica para o sucesso de qualquer empresa – independentemente do tamanho e do setor”, diz Carlos Sarmiento, Vice-presidente de Oracle digital da Oracle América Latina. No entanto, embora não duvidem das vantagens da tecnologia, muitas empresas ainda relutam em adotá-la, e um dos motivos potenciais é não querer despender recursos financeiros para fazer o teste.

Mas, e se você tirasse da frente a questão financeira, e tivesse um crédito de 300 dólares para experimentar com sua equipe de TI, durante 30 dias, todo o portfólio de IaaS (Infraestrutura como Serviço) e PaaS (Plataforma como Serviço) da Oracle Cloud?

A oferta está válida no Brasil e pode ser iniciada hoje, on-line, por meio de um cadastro em três passos no site da Oracle Cloud. Após a ativação, você passa a ter um crédito de 300 dólares por 30 dias para os serviços Oracle Cloud disponíveis por assinatura com pagamento conforme o uso. Ao fim dos 30 dias, se tiver utilizado exatamente os 300 dólares, zera a conta e não paga nada se não gostar, ou liga a Oracle Cloud e fica freguês.

Cloud robusta

A Oracle Cloud acumula a experiência e a tecnologia de 40 anos da Oracle com as novas ferramentas digitais que a companhia desenvolveu para garantir uma oferta de computação em nuvem sintonizada com as necessidades das empresas do século 21: aberta, completa e totalmente segura.

Isso se materializa em um portfólio completo de aplicações SaaS para ERP, HCM e CX; da base de dados em Plataforma como Serviço (PaaS) e Infraestrutura como Serviço (IaaS), com data centers localizados no Brasil, Américas, Europa e Ásia e possibilidade de trabalhar como nuvem híbrida, privada ou totalmente pública.

O portfólio da Oracle Cloud que pode ser experimentado durante a oferta do crédito de 300 dólares é grande e abrange desde itens básicos de IaaS, como aluguel de máquina virtual ou servidor físico para storage de dados; passando por itens que podem interessar a quem já é cliente Oracle on-premises (Oracle Database ou Database backup) e ampliando o leque com Developer Cloud; Compute Cloud Service; Storage; Java; Serviços de Integração; Big Data; Internet das Coisas e Analytics, para clientes de qualquer plataforma independente da Oracle.

Vantagens para experimentar

Renato Eric Miranda, arquiteto de soluções da Oracle, explica que uma das vantagens da oferta de experimentação é que durante esse período é possível testar diferentes serviços com os mesmos 300 dólares: basta experimentar um serviço para testar uma prova de conceito ou mesmo só para conhecer e, depois, apagar o que foi feito e utilizar o valor restante em outro serviço. Só não pode ultrapassar o prazo dos 30 dias nem o valor dos 300 dólares.

Outra vantagem, que prova que a Oracle Cloud criou um ecossistema aberto a todos os tipos de empresas e plataformas, é que durante o período de experimentação é possível baixar do Markeplace da Oracle Cloud templates prontos para acelerar os testes sejam eles para aplicações Windows, ou para gestão de aplicações móveis, kubernetes, blockchain etc.

“Temos um marketplace dentro da nuvem que suporta completamente os usuários que chegam na Oracle Cloud, mesmo que não usem nada da Oracle”, diz Miranda.

A oferta do crédito de 300 dólares está disponível em apenas alguns países do mundo, e o Brasil é um deles. Ela pode ser ativada hoje mesmo no site https://cloud.oracle.com/pt_BR/tryit.

Oracle Cloud Trial