Gestão > Fusões e Aquisições

TI lidera fusões e aquisições no Brasil em 2017

No total, processos movimentaram US$48,9 bilhões, sendo 21% no setor de tecnologia

18 de Janeiro de 2018 - 19h27

O mercado de fusões e aquisições movimentou US$ 48,9 bilhões no Brasil em 2017. No total, foram 643 transações, volume 8% maior em relação ao ano anterior, quando foram registradas 597 transações, com valor total de US$ 37,6 bilhões. As informações são do relatório anual da PwC Brasil.

O setor de Tecnologia da Informação (TI) liderou os investimentos, com 21% do total transacionado. Foram 132 negócios, contra 104 transações em 2016 - crescimento de 21% no volume total.

Origem

Os investimentos de origem nacional representaram 58% do total, à frente dos investimentos de origem estrangeira, com um total de 350 negociações - crescimento de 17% na comparação com 2016.

Já o volume de investimento estrangeiro apresentou queda de 2% em 2017, com 251 transações, contra 255 negócios em 2016. Os EUA, a França e o Reino Unido foram responsáveis por 44% do total de transações com 28%, 10% e 6% do volume total de capital estrangeiro, respectivamente.

Regiões

A maior parte dos negócios foram realizados no Sudeste, com 440 transações. Em 2016, 380 transações foram confirmadas na região. O estado de São Paulo liderou os negócios, com 52% do volume regional. Destes, 267 transações aconteceram na capital e 70 no interior.

A região Sul registrou 14% dos negócios, o Centro-Oeste 3%, o Nordeste 7% e a região Norte 1% das negociações.