Aplicações > Aplicativos

Solução europeia de healthcare para idosos inicia pré-venda no Brasil

Serviço de teleassistência a idosos reúne celular, estação com viva-voz, portal web e aplicativo iOS e Android

14 de Setembro de 2017 - 13h33

Estudo do IBGE projeta que em 2030 o número de pessoas com mais de 60 anos no Brasil deve chegar a 41,5 milhões (18% do total de habitantes), superando o de crianças de zero a 14 anos (39,2 milhões). Em 2050, o instituto estima que os idosos representarão um terço da população, somando 66,5 milhões de pessoas. Por conta desse rápido envelhecimento, o cuidado de idosos será um grande desafio no país. 

Foi pensando justamente em atender e simplificar a assistência a idosos que a europeia True-Kare decidiu oferecer seus serviços no mercado brasileiro. Trata-se de uma solução que reúne dispositivos móveis, portal na web, aplicativo e tecnologias de rastreamento por GPS. Segundo a empresa, o serviço permite o acompanhamento remoto de pessoas dentro e fora de casa 24 horas por dia, sem comprometer a sua independência e qualidade de vida. A pré-venda do serviço está sendo feita no site www.true-care.com.br.

“O True-Kare é uma solução integrada desenvolvida para simplificar o cuidado de idosos, que será um grande desafio no país por conta do rápido envelhecimento dos brasileiros”, explica André Miranda, presidente da Base TI, representante exclusiva da True-Kare no país.

O executivo explica que a True-Kare oferece um celular ergonômico com teclas grandes e botão SOS, base (home station) com viva-voz de alta qualidade, além de portal web e aplicativo disponível para iOS e Android. O objetivo, segundo Miranda, é facilitar a comunicação, controlar medicação e indicadores de saúde e monitorar atividades diárias e eventuais emergências. “Pelo portal ou aplicativo, o usuário configura o telefone para situações específicas, como por exemplo, o estabelecimento de uma zona segura. Se o idoso sair deste perímetro monitorado via GPS, o sistema automaticamente dispara um alerta para os destinatários indicados. Isso é particularmente importante para famílias que cuidam de pessoas com Alzheimer, que podem eventualmente se perder na vizinhança.”

O serviço se conecta também a outros dispositivos via Bluetooth e permite monitorar leituras periódicas de pressão sanguínea, glicose, peso, temperatura e oxigênio no sangue. Também manda alertas no celular para lembrar o idoso dos seus medicamentos e faz perguntas automáticas que, se não forem respondidas, dispararam alertas.

Para garantir o envio de informações mesmo em áreas com sinal ruim de celular, o aparelho usa dois chips, um de dados, já incluído no serviço, que utiliza a mesma tecnologia das maquininhas de cartão de crédito, e um segundo convencional, de qualquer operadora. E sua bateria tem uma autonomia média de oito horas por carregamento.