Infraestrutura > e-Health

SaúdeControle atenderá 1,3 milhão de servidores do Estado de São Paulo

Plataforma de arquivamento e gestão do histórico médico digital será implementada no IAMSPE para os funcionários públicos estaduais

07 de Fevereiro de 2017 - 16h09

Após seis meses em testes, como projeto piloto para um grupo selecionado de pacientes crônicos que necessitava ter maior atenção por parte do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual, o SaúdeControle entra agora na fase de implementação para todos os pacientes do IAMSPE, que atende 1,3 milhão de servidores.

A plataforma de arquivamento e gestão do histórico médico digital, completo do paciente na nuvem e totalmente mobile, estará disponível para que os pacientes do IAMSPE tenham todos os dados, referentes à sua saúde, na palma da mão.

Durante os testes, o SaúdeControle foi monitorado e utilizado por um grupo selecionado nos ambulatórios de endocrinologia, gastroclínica e ginecologia e obstetrícia. Os usuários são pacientes com doenças crônicas transmissíveis (hepatite B) e não transmissíveis — diabetes, melitus e doença inflamatória crônica do intestino.

Independentemente de onde o paciente já se consultou dentro da rede IAMSPE, agora pode consultar e inserir todos seus exames, remédios de uso contínuo ou já utilizados, histórico familiar de doenças e outros recursos disponíveis no SaúdeControle, seja no desktop ou no smartphone.

“Essa iniciativa do governo paulista trará muitos benefícios para os pacientes e uma redução de custos para o Estado, porque no histórico constarão todas as informações clínicas, histórico médico, exames e cirurgias já realizadas, entre outros dados médicos”, explica Adrianno Barcellos, coCEO do SaúdeControle.

Segundo o executivo, o projeto piloto superou as expectativas, com a adesão dos pacientes escolhidos pelo IAMSPE. “Dos participantes, 75% eram mulheres, sendo 30% entre 60 e 79 anos e 42% na faixa entre 30 e 59 anos”, diz Barcellos.

Esse projeto começou em maio de 2016, quando o SaúdeControle foi selecionado (em novembro de 2105 pelo Governo do Estado de São Paulo) para a iniciativa Pitch Gov SP — programa que busca iniciativas inovadoras para solucionar os desafios da administração pública nas áreas de saúde, educação e facilidades ao cidadão. A plataforma concorreu com outras 305 startups inscritas.

De acordo com o relatório do IAMSPE, que avaliou a viabilidade do uso do SaúdeControle, dos pacientes que participaram da pesquisa de satisfação, 91,5% indicaram os alertas de horários e de medicamentos e 96,7% disseram que os alertas de consultas agendadas são os melhores recursos do SaúdeControle.

O SaúdeControle é uma plataforma com app que permite a gestão do  histórico médico digital com arquivamento completo do paciente. Fundada em 2014, desde o começo, seus fundadores se preocuparam em criar uma empresa sólida, bem estruturada, inovadora tecnologicamente e, principalmente, transparente. Por isso, a coleta de dados, tratamento e organização das informações seguem os mais rigorosos padrões de segurança com base em business intelligence para auxiliar, de forma assertiva e rápida, na tomada de decisão.