Cloud Computing > Cloud Pública

SAP leva HANA para a Google Cloud Platform e aposta em machine learning

As duas empresas celebraram a parceria estratégica na abertura da conferência Google Cloud NEXT 2017

08 de Março de 2017 - 22h36

A SAP e a Google montaram uma parceria estratégica envolvendo certificação do banco de dados in-memory SAP HANA para a Google Cloud Platform (GCP) e inaugurando o trabalho conjunto no desenvolvimento de soluções de machine learning para serem integradas às aplicações corporativas da SAP. 

O acordo ainda contempla disponibilizar a versão para desenvolvedores HANA Express no Google Cloud Launcher, e a integração dos aplicativos de produtividade G Suite da Google em SAP.

A parceria foi celebrada pelas duas companhias durante a abertura da conferência Google Cloud NEXT 2017, que acontece entre 8 e 10 de março em San Francisco (Califórnia). Durante o keynote de abertura, a vice-presidente sênior da Google Cloud, Diane Greene, reservou espaço nobre para receber seu parceiro corporativo mais emblemático, sinalizando que a gigante das buscas comprou realmente a briga por uma fatia do mercado de cloud enterprise.

Bernt Leukert, membro do conselho executivo da SAP, subiu ao palco para reforçar as metas de longo prazo da parceria, que visa dar aos clientes mais escalabilidade e possibilidade de criar novos produtos que envolvam a transformação dos dados em insights para negócios.

A certificação do SAP HANA para GCP vai permitir que os clientes da SAP possam rodar aplicações de missão crítica e banco de dados HANA na nuvem da Google por meio de certificações e integrações. A Google Cloud passa a ser a primeira empresa de cloud pública a ter a versão Express do SAP HANA disponível para desenvolvedores, que podem construir aplicações corporativas customizadas na GCP por demanda.

O acordo não é exclusivo, já que a SAP vai manter as parcerias com AWS e Microsoft Azure e vai continuar a oferecer suporte na sua plataforma SAP Cloud, dando aos seus clientes um leque interessante de ofertas para escolher, mas do lado da Google Cloud é certamente um passo importante para continuar a aumentar sua base de clientes corporativos dentre os clientes da SAP.

Um deles, a Colgate-Palmolive, compartilhou o palco com Leukert e Greene, anunciando ter migrado 23 mil funcionários para a Google Cloud Platform em um final de semana. Mike Crowe, CIO da Colgate, explicou que atualmente a empresa tem 28 mil funcionários utilizando os aplicativos da G Suite e que está utilizando intensivamente as ferramentas de colaboraçã0 do Google Drive. Segundo ele, foram 57 mil horas de vídeo hangout em fevereiro de 2017.

Crowe ressaltou que espera novidades em machine learning por conta da parceira da SAP e Google. A Colgate-Palmolive está focando sua estratégia de TI em um número pequeno de parceiros estratégicos, incluindo SAP e Google Cloud. Cliente da SAP há 23 anos, a empresa adotou a G Suite em 2016.