Infraestrutura > Cloud Híbrida, Segurança de Cloud, Segurança de Dados

Saiba como economizar com uso de backup em nuvem híbrida

Construir uma estratégia de recuperação suportada por elementos de cloud pode salvar seus dados, sua reputação e/ou seu dinheiro

13 de Abril de 2015 - 17h48

Desastres que afetam os dados não são necessariamente parecidos com aquelas histórias dramáticas de superação retratadas em filmes que Hollywood glorifica em blockbusters. Quando essas calamidades ocorrem – e é bem possível que irão ocorrer na sua empresa, mais cedo ou mais tarde – podem ser tão destrutivas que não há como escapar de paradas nos sistemas ou na produção. A melhor forma é se precaver.

Grande parte dos planos abrangentes de contingência já consideram elementos de nuvem híbrida em sua composição. O que antes significava um demorado e custoso processo baseado em backup de dados em fitas, aos poucos ganha contornos virtuais e se tornam uma prática confiável, tanto para proteção quanto para recuperação de informações, reduzindo a minutos o que antes levava dias ou semanas.

A proliferação de abordagens especializadas em continuidade de negócios capacita as organizações a salvarem seus sistemas espalhados em distintos pontos de redes. Construir uma abordagem de backup e recuperação suportada por elementos de cloud híbrida pode salvar seus dados, sua reputação e/ou seu dinheiro.

O processo de backup em nuvem híbrida gera um armazenamento local e outro replicado em ambiente externo. Assim, é possível manter os seus dados em casa, protegidos por firewalls pré-existentes, protocolos de segurança e criptografia inerentes aos seus sistemas.

Ao mesmo tempo, através do envio de dados criptografados para os centros de dados dedicados, é possível assegurar que há cópias redundantes dos registros sendo protegidos em segundo site. A combinação desses dois ambientes adiciona a camada extra de segurança a partir da redundância que passa para a mão de um provedor externo de serviços.

Assim, se o seu equipamento ficar offline devido a uma interrupção do sistema, é possível usar de forma instantânea o backup de arquivos, programas e configurações, ou transferir a carga imediatamente para seu provedor de nuvem enquanto sua equipe trabalha para consertar seus equipamentos internos. Nesse meio tempo, a sua capacidade de minimizar falhas irá ajudá-lo a diminuir ou eliminar o tempo de inatividade, bem como continuar a gerir os seus dados e aplicações.

Uma vez que seu servidor local volta a funcionar, é possível fazer a transição de volta à sua infraestrutura original com uma restauração bare metal (TMB, na sigla em inglês), que irá retornar todos os dados e aplicativos do backup para o servidor, então reparado. Com essa abordagem não se perde as alterações que ocorreram durante a interrupção.

Porém, se um desastre real (como um incêndio ou enchente) ocorrer no local onde está instalado seu centro de dados e dispositivos de produção/backup, a redundância em nuvem mantém os registros a salvo, com o processamento funcionando com o ambiente em cloud. Vale lembrar que a capacidade de armazenamento na nuvem é quase infinita, portanto é interessante compreender como tirar o maior proveito desse volume.

Os investimentos iniciais em uma abordagem de nuvem híbrida são relativamente baixos. A contratação de um backup junto a um fornecedor de cloud especializado também evitará alguns custos de manutenção de equipamentos e outras despesas em ativos. Em contrapartida, é possível estabelecer uma visão precisa com relação aos gastos mensais para garantir um serviço adequado às demandas de sua organização.

Dependendo de sua indústria, terá que considerar regras e regulamentações. Algumas ofertas são propositalmente construídas para atender a essas normas em termos de contingência para casos de emergência, bem para como garantias de recursos de arquivamento de informações. Dessa forma, garante que dados não desaparecerão.

Backup baseada em nuvem híbrida reúne bons elementos entre os ambientes públicos e privados para formar um sistema eficiente e rico em recursos. Ter ambiente redundante é fundamental para uma estratégia de segurança. Recorrer à cloud pode minimizar gastos e trazer agilidade nos processos de recuperação da operação.